O Ministério Público Federal (MPF) instalou inquérito para investigar o prefeito de Cajazeiras, José Aldemir, e a deputada estadual, Paula Francinete por supostas irregularidades na contratação de serviços de exames e cirurgias.

De acordo com o órgão, exames e cirurgias teriam sido contratados pela secretaria de Saúde de Cajazeiras para serem fornecidos à população. O inquérito civil foi instaurado pelo procurador Anderson Dannillo Pereira Lima e publicado na edição desta segunda-feira (15) do Diário Oficial do MPF.

O caso, segundo a portaria, indicam que os exames e procedimentos cirúrgicos teriam sido contratados na clínica Dom Rodrigo, em João Pessoa, na época em que Paula Francinete atuava como secretária de Saúde de Cajazeiras.

O procedimento foi convertido em inquérito com o objetivo de, segundo o procurador, coletar de elementos destinados a auxiliar a formação de convicção ministerial acerca dos fatos.

 

PB Agora

 

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Moro desembarca na PB para manifestar apoio ao trabalho do Gaeco

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, desembarcou em solo paraibano na manhã desta segunda-feira (17). O auxiliar do Governo Bolsonaro chegou no Avião da Força Aérea Brasileira, no Aeroporto Castro…

Presidentes do PT e Cidadania dão pistas da permanência dos petistas no governo João

O presidente estadual do Partido dos Trabalhadores na Paraíba, Jackson Macedo, enquanto aguarda a reunião do partido no próximo dia 16 de março para avaliar a permanência ou não do…