Por pbagora.com.br

O Ministério Público Federal (MPF) instalou inquérito para investigar o prefeito de Cajazeiras, José Aldemir, e a deputada estadual, Paula Francinete por supostas irregularidades na contratação de serviços de exames e cirurgias.

De acordo com o órgão, exames e cirurgias teriam sido contratados pela secretaria de Saúde de Cajazeiras para serem fornecidos à população. O inquérito civil foi instaurado pelo procurador Anderson Dannillo Pereira Lima e publicado na edição desta segunda-feira (15) do Diário Oficial do MPF.

O caso, segundo a portaria, indicam que os exames e procedimentos cirúrgicos teriam sido contratados na clínica Dom Rodrigo, em João Pessoa, na época em que Paula Francinete atuava como secretária de Saúde de Cajazeiras.

O procedimento foi convertido em inquérito com o objetivo de, segundo o procurador, coletar de elementos destinados a auxiliar a formação de convicção ministerial acerca dos fatos.

 

PB Agora

 

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Notícias relacionadas

De olho em 2022, Romero propaga fake news plantada por Bolsonaro sobre valores repassados para combater pandemia

A Controladoria Geral do Estado (CGE) da Paraíba divulgou, na tarde de ontem, levantamento sobre os recursos federais recebidos para as ações diretas de combate à covid-19. A gestão estadual…

Aguinaldo Ribeiro solicita que Câmara vote proposta de auxílio ao setor de eventos nesta 4ª

O deputado federal e líder da Maioria na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) solicitou na manhã desta quarta-feira (03) que a votação do Projeto que cria o Programa Emergencial de Retomada…