O Ministério Público Federal (MPF) instalou inquérito para investigar o prefeito de Cajazeiras, José Aldemir, e a deputada estadual, Paula Francinete por supostas irregularidades na contratação de serviços de exames e cirurgias.

De acordo com o órgão, exames e cirurgias teriam sido contratados pela secretaria de Saúde de Cajazeiras para serem fornecidos à população. O inquérito civil foi instaurado pelo procurador Anderson Dannillo Pereira Lima e publicado na edição desta segunda-feira (15) do Diário Oficial do MPF.

O caso, segundo a portaria, indicam que os exames e procedimentos cirúrgicos teriam sido contratados na clínica Dom Rodrigo, em João Pessoa, na época em que Paula Francinete atuava como secretária de Saúde de Cajazeiras.

O procedimento foi convertido em inquérito com o objetivo de, segundo o procurador, coletar de elementos destinados a auxiliar a formação de convicção ministerial acerca dos fatos.

 

PB Agora

 

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vereador de oposição em CG elogia João e diz que governador é democrático

O vice-líder do prefeito na Câmara Municipal de Campina Grande, vereador Alexandre do Sindicato (PHS), voltou a elogiar o governador João Azevedo (PSB). Em entrevista a Rádio Panorâmica FM, ele…

TSE decide que candidaturas laranjas levam à cassação de toda a chapa

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiu na noite de hoje que a presença de candidaturas laranjas para fraudar a cota mínima de candidatas mulheres deve levar à cassação de toda…