Em meio ao muda-muda de gestores de Patos, o prefeito afastado de Patos, Dinaldo Wanderley (PSDB), recebeu de um amigo uma mensagem no celular com uma pergunta: “É verdade que Bonifácio (o vice e prefeito interino) renunciou”?

O peessedebista tucano estava no sítio Arruda Câmara, zona rural de Pombal, onde atende pelo Mais Médicos, e não sabia responder a indagação. Quinze minutos depois, viu a surpreendente notícia já espalhada nas redes sociais.

Desde que deixou o comando da Prefeitura, Dinaldinho tem feito jejum de entrevistas e pronunciamentos políticos. Ao Blog, hoje, fez uma exceção e comentou a renúncia. “Há uma insegurança administrativa em Patos. Em três anos, a cidade teve cinco prefeitos. Estou afastado e respeitando a Justiça da Paraíba, que confio e defendo. Enquanto isso, seguirei minha missão: salvar vidas”, disse um Dinaldinho resignado. A luz no fim do túnel reacendeu para ele.

As informações são do Patos OnLine

Redação

 

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Pós-folia os pré-candidatos paraibanos devem focar nos prazos eleitorais e convenções

Como se diz “Tudo no Brasil, começa após o carnaval”, essa máxima também é levada a política, onde os pré-candidatos nas eleições devem dar o start oficial as suas pretensões…

João Azevêdo diz que movimento de PM’s na PB tem forte conotação política

“Há forte conotação política”. Essa foi a análise do governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), a respeito das manifestações realizadas por representantes das polícias Civil e Militar, assim como, do…