Em meio ao muda-muda de gestores de Patos, o prefeito afastado de Patos, Dinaldo Wanderley (PSDB), recebeu de um amigo uma mensagem no celular com uma pergunta: “É verdade que Bonifácio (o vice e prefeito interino) renunciou”?

O peessedebista tucano estava no sítio Arruda Câmara, zona rural de Pombal, onde atende pelo Mais Médicos, e não sabia responder a indagação. Quinze minutos depois, viu a surpreendente notícia já espalhada nas redes sociais.

Desde que deixou o comando da Prefeitura, Dinaldinho tem feito jejum de entrevistas e pronunciamentos políticos. Ao Blog, hoje, fez uma exceção e comentou a renúncia. “Há uma insegurança administrativa em Patos. Em três anos, a cidade teve cinco prefeitos. Estou afastado e respeitando a Justiça da Paraíba, que confio e defendo. Enquanto isso, seguirei minha missão: salvar vidas”, disse um Dinaldinho resignado. A luz no fim do túnel reacendeu para ele.

As informações são do Patos OnLine

Redação

 

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Seleção empata contra Nigéria e mantém sequência de quatro jogos sem triunfo

A Seleção Brasileira empatou em 1 a 1 mais um amistoso, neste domingo (13), contra o time da Nigéria. O jogo aconteceu em Singapura, às 9h de Brasília. Com o…

Em evento com policiais em SP, Jair Bolsonaro é exaltado e Doria, vaiado

O presidente Jair Bolsonaro e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que estão com as relações estremecidas, dividiram nesta sexta-feira, 11, o mesmo palco durante cerimônia de formatura…