A cesta básica ficou mais barata para o consumidor de 14 das 17 capitais brasileiras analisadas pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos), em fevereiro. João Pessoa, com aumento de 0,78%, não está incluída na relação, destacando-se entre as que tiveram alta no mês passado.

De acordo com os dados da Pesquisa Nacional da Cesta Básica, divulgados nesta quinta-feira (5), as outras únicas altas verificadas foram em Recife (1,31%) e Curitiba (0,21%). Já as principais quedas foram em Belo Horizonte (-6,36%), Belém (-4,31%) e em Goiânia (-4,20%).

 

No período de 12 meses, no entanto, entre março do ano passado e fevereiro deste ano, a alta da cesta básica superou os 10% para 8 capitais, sendo que as principais elevações foram em Florianópolis (17,53%), Vitória (17,47%), Salvador (17,47%) e Curitiba (16,22%). São Paulo e Recife tiveram os menores avanços, apresentando variação de 4,92% e 4,59%, respectivamente.

Por capitais
Segundo o levantamento, na cidade de São Paulo a cesta ficou 1,73% mais barata em fevereiro, frente a janeiro, custando R$ 237,34. O maior valor foi registrado em Porto Alegre (R$ 247,06) e o menor valor ficou com João Pessoa (R$ 179,27).

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Disputa pela PMCG esquenta e deputado pré-candidato a PMCG chama vereador da situação de “vereadorzinho”

Em clima de pré disputa eleitoral em Campina Grande, o vereador Márcio Melo (PSDC), e o deputado estadual e pré candidato a PMCG Inácio Falcão (PC d B), trocaram farpas…

Articulação deve colocar MDB na vice de Ana Cláudia em CG e voltar a unir Vené e Maranhão

As articulações em torno de uma aliança entre o Podemos eu MDB em Campina Grande devem abortar a possibilidade de filiação do ex-deputado estadual Bruno Cunha Lima (sem partido) aos…