A Paraíba o tempo todo  |

“Precisa ser um partido alinhado ao governador”, diz Wilson Filho sobre seu destino, do seu pai e aliados

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Em entrevista a imprensa o vice-líder do governo na ALPB, Wilson Filho, comentou sobre qual legenda ele, seu pai o deputado federal Wilson Santiago e aliados devem ingressar. “Precisa ser um partido alinhado ao governador João Azevêdo”, comentou.

Segundo Wilson Filho, desde quando ouve o anuncio de vão sair do PTB, já houve convites do Cidadania, PP, PRB, Democrata, PSL e MDB, para se filiarem. Nos bastidores correm que os partidos mais cotados são o DEM e MDB.

“O PTB sempre foi um partido que fez muito pelos trabalhadores. Agora, se tornou de extrema-direita. Não é nosso perfil”, disse Wilson Filho. Além dele e seu pai, irão mudar de partido o deputado Doda de Tião e todos os prefeitos e vice-prefeitos que estavam filiados ao PTB.

Ainda sobre a desfiliação em massa do PTB, Wilson Filho disse: “A gente fica feliz de perceber o número enorme de amigos, de parceiros, de aliados, de pessoas que consideram o deputado Wilson Santiago. A nota nos pegou, inclusive de surpresa. Eu fui o último a assiná-la. O deputado Doda, todos os prefeitos, todos os vice-prefeitos, lideranças históricas e recentes do partido, vereadores, candidatos a prefeito que não tiveram êxito, todo mundo se uniu para dizer que não concorda com o posicionamento que o PTB passa a adotar a partir de agora estadualmente e tomam a decisão de se desfiliar. Essa desfiliação em massa não é nem contra o presidente que pode ser confirmado, o Nilvan Ferreira. A ele eu desejo sucesso discernimento para que possa construir um grande partido. Eu deixo essa posição de vontade de permanecer no PTB ainda com grandes amigos na sigla, porque foi uma casa que me acolheu muito bem. Então a ele (Nilvan), o desejo e a torcida para que faça um grande trabalho”, ressaltou.

Redação

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe