Por pbagora.com.br

A campanha eleitoral para prefeito, vice-prefeito e vereador neste ano promete ser diferente de tudo o que já se viu nos últimos anos. A Covid-19 impõe mudanças significativas que, se não seguidas, pode resultar em perda de votos ao candidato. Neste sentido o Pré-candidato a prefeito de João Pessoa o deputado estadual Anísio Maia (PT), denúncia que têm postulantes ao cargo de prefeito promovendo aglomerações e caminhadas na cidade.

“[Estão] iniciando caminhadas pelos bairros, visitando a casa dos eleitores num processo de possível contaminação”, disse Maia, ao propor a criação de protocolo para que os candidatos se comprometam a fazer atividade de campanha sem pôr em risco a saúde da população.

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) não deve impor, por exemplo, a proibição de comícios e caminhadas, comuns nas eleições passadas. Mas o momento exige responsabilidade dos candidatos e partidos para evitar aglomerações.

Aperto de mão, abraços e fotos posadas com o rosto colado ao do candidato, ações bem características nas eleições brasileiras, devem ser evitados. O distanciamento social não pode ser exigido apenas no dia da eleição.

Essa preocupação está sendo debatida pelo TSE. Uma consultoria técnica está trabalhando para informar o tempo necessário para a votação, considerando o distanciamento que os eleitores devem manter nas filas. Estão sendo estudadas propostas para se estender em até três horas o horário de votação, que até 2018 era de 8h às 17h. Há duas propostas: uma de 8h às 18h, outra de 8h às 20h.

O TSE também estuda distribuir o eleitorado em horários por faixa etária, começando com os idosos e pessoas que se encaixam no grupo de risco para Covid-19. A proposta é que esses eleitores votem entre 8h e 11h.

Essas e outras medidas de proteção à vida não podem ficar restritas aos dois dias de votação (15 de novembro – primeiro turno, e 29 de novembro – segundo turno). É necessário que o processo eleitoral inteiro seja guiado por protocolos estabelecidos em cada município para evitar ao máximo a contaminação pelo novo coronavírus. O eleitor precisa ficar atento aos candidatos que desrespeitarem as regras. Esses, certamente, não merecem um voto de confiança.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Em vídeo, João Almeida levanta suspeita sobre armação em ameaça contra Nilvan

O vereador e candidato do Solidariedade à Prefeitura de João Pessoa, João Almeida, questionou e considerou como possível “armação” a ameaça sofrida por Nilvan Ferreira (MDB), também candidato a prefeito.…

Ana Claudia visita o Sebrae e debate estratégias de incentivo aos micro e pequenos empreendedores de CG

Na manhã desta segunda-feira (28 de setembro), a candidata Ana Cláudia (Podemos-19) à Prefeitura de Campina Grande visitou o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em…