A deputada estadual Pollyana Dutra, PSB, usou a tribuna na Assembleia Legislativa da Paraíba na manhã desta terça-feira, dia 10, para criticar aqueles a quem ela denominou como sendo a “ala radical do PSB”.

Segundo a parlamentar, que não citou nomes, os integrantes dessa ala teriam dado sinais e realizado ações que tornaram a permanência de João na legenda impossível.

“Uma ala mais radical do partido através de gestos de sinais, impor para que o governador tomasse essa decisão que foi sair do PSB, algo inacreditável o partido que elegeu o governador demonstrar sinais para que ele saísse” disse.

A parlamentar foi mais além e disse que agora espera que João, desligado da sigla se desassocie de práticas da antiga gestão que segundo ela não são benéficas à Paraíba.

“Mas como diz o ditado popular, não há males que não tragam o seu bem e o governador João Azevêdo vai ter o tempo necessário de se apartar de determinadas práticas que vinham ocorrendo no decorrer de 10 anos que não era benéfica para a Paraíba” concluiu.

PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: Paraíba, um estado de milícias, corrupção e moralidade jogada no lixo

A retidão de um ser humano é medida por seus atos pautados na ética e nos princípios morais que nos garantem o mínimo de civilidade e convivência mútua. E aqui…

Romero declara que ainda não sabe se disputará novas eleições em 2022

No último ano de seu mandato, e faltando menos de 12 meses para deixar o cargo, o prefeito Romero Rodrigues (PSD), já planeja o seu futuro político. Romero que antes…