Por pbagora.com.br
 
 

Na tarde desta quarta-feira (11) a Procuradoria Geral Eleitoral pediu pela inelegibilidade do ex-governador Ricardo Coutinho no recurso impetrado pelo Ministério Público Eleitoral.

O MPE se colocou contra a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB) que o inocentou o ex-governador do crime de abuso de poder político e econômico no caso que ficou conhecido como Aije do Empreender.

De acordo com o MPE, “restou comprovado que o então candidato à reeleição utilizou, em proveito de sua candidatura o programa EMPREENDER-PB, concedendo créditos a pessoa físicas e jurídicas sem efetivo controle ou respeito a critérios estritamente objetivos, situação que se agravou no ano de 2014”.

 

PB Agora

 
 
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: a força de Marcos Vinícius no cenário das eleições em João Pessoa

As vitórias, os avanços, recuos e recomeço estão impregnados no ser humano. Muitas vezes é preciso ser como as ondas do mar, recuar para ganhar força. E assim fez o…

Saiba como será o plano de vacinação para o combate a Covid-19, na Paraíba

Em entrevista a imprensa, o Secretário Executivo de Gestão da Rede de Unidades de Saúde, Daniel Beltrami, destacou detalhes do plano de vacinação para quando a vacina de combate ao…