Durante cumprimento de mandados de busca e apreensão na casa do ex-governador Ricardo Coutinho, do PSB, agentes da Polícia Federal teriam apreendido um cofre do local que possivelmente contém documentos cruciais para a continuidade das investigações no âmbito da Operação Calvário.

Ricardo não foi encontrado em casa, por isso, o mandado de prisão preventiva expedido em seu desfavor não pôde ser cumprido. As informações são de que ele está com a família na Europa, com isso passa a ser considerado foragido.

A sétima fase da Operação Calvário está movimentando a Paraíba desde as primeiras horas da manhã desta terça-feira, dia 17.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Efraim quer desburocratização de créditos e proteção de empregos e empresas

A bancada do Democratas esteve reunida em conferência virtual com o ministro Paulo Guedes, da Economia. Durante três horas, foi feita uma profunda avaliação do cenário econômico do Brasil, as…

Carta branca do PP para a disputa pela PMJP levou Cícero a deixar PSDB

Uma possível candidatura à Prefeitura Municipal de João Pessoa foi o motivo que fez o ex-senador Cícero Lucena migrar no PSDB, partido ao qual foi filiado durante muitos anos, para…