O deputado estadual Anísio Maia (PT) tachou como “privataria cega” a possibilidade de cobrança de pedágio nas BRs 230 e 101. Na semana passada o presidente Bolsonaro informou que iria iniciar estudos técnicos visando transferir a responsabilidade da administração de trechos das estradas federais que cortam a malha rodoviária da Paraíba para a iniciativa privada.

Dois diferentes levantamentos da Confederação Nacional de Transporte (CNT) apontam que seria inoportuna essa concessão para a iniciativa privada. O primeiro levantamento mostrou que mais de 45% das estradas da Paraíba foram classificadas como boas ou ótimas. O outro apontou que investimento privado nas rodovias privatizadas caiu pelo quarto ano consecutivo.

O deputado lamenta o fato de tirarem o direito ao trabalho e aposentadoria digna. E agora querem tirar o direito do pobre circular nas estradas. “A cobrança de tarifas prejudicará ainda mais aqueles que necessitam de apoio do governo, como no caso de agricultores que transportam sua produção, ou de estudantes que viajam do interior para capital diariamente para assistir suas aulas.” disse.

“Esses trechos estão em um bom estado de conservação, privatizá-los seria uma maneira de agradar o mercado financeiro e as empresas privadas aliadas do governo. Além disso, existe uma obra em andamento que compreende o alargamento da BR 230 que tem o orçamento de R$ 255 milhões e vai melhorar ainda mais a rodovia. Esta tentativa de privatização despropositada só se justifica como atendimento a acordos realizados com empresários antes da eleição.” afirmou Anísio Maia.

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ricardo e Lula tem primeiro contato após soltura e agendam encontro para breve

Lula e Ricardo Coutinho conversaram bastante na manhã deste domingo, ele lá em São Bernardo, Ricardo em João Pessoa. Por telefone, o ex-presidente disse que Ricardo estava presente ao ato…

“Nós fomos surpreendidos”, diz Efraim ao criticar PEC de Bolsonaro que prevê a extinção de municípios

Segundo o líder da bancada paraibana no Congresso, Efraim Filho (DEM), proposta do pacto federativo que prevê a extinção de municípios, que pode afetar diretamente a Paraíba e suas pequenas…