Por pbagora.com.br

O líder da oposição na Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado Anísio Maia (PT), pegou carona na informação de que o presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, iria entregar os cargos do partido no Governo Federal e aproveitou para voltar a mirar a artilharia no governador da Paraíba, chegando inclusive a sugerir que o chefe do executivo no Estado aproveitasse ‘o embalo’ e também abandonasse de vez a base do Governo Dilma Rousseff.

Para o líder petista, o PSB adota duas fachadas, sendo uma diante da presidente Dilma e outra nos palanques políticos.

“O governador de Pernambuco, por exemplo, sem a presença de Dilma faz severas criticas ao Governo Federal, como se ele não participasse da gestão, mas na presença dela faz muitos elogios e chega a bajular muito, como fez com o ministro da Integração Nacional”, alfinetou o petista.

Anísio continuou com a metralhadora de críticas contra o governador da Paraíba e sugeriu que o PSB no Estado também ‘bata em retirada’.

“O PSB tem que se retirar do Governo, eles não têm nada a ver conosco, o PSB está agora num projeto da direita, articulado pelo PSDB, que é o partido da oligarquia, da direita, do empresariado paulista e dos bancos”, detonou.

Para Anísio Maia, o PSDB e os grupos aliados querem articular a volta da direta ao país.

“Eles querem trazer de volta a oligarquia ao país, então, se o governador quiser ficar em dois muros, eu acho que ele não pode esticar a perna e ficar em um muro e o outro, ele não pode ficar em um muro e outro, ele tem que se decidir”, alfinetou.

 

Para o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT) o rompimento do PSB com o PT no âmbito nacional já era previsível desde o ano passado, bastava apenas a concretização.

“Na Paraíba o PT, desde as últimas eleições, que não está mais com o PSB, então todos nós sabíamos que o partido do governador Ricardo Coutinho ia romper com o Governo Dilma, no cenário político nós não temos nenhum fato novo, nós já estávamos preparados para essa realidade”, pontuou.
 

 

Henrique Lima/ Márcia Dias


PB Agora

 

Notícias relacionadas

Mesmo sob novo comando, CMCG é criticada por ‘dormir nas suas atribuições’

A mudança de comando na presidência da Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG) em nada alterou o andamento do trabalho legislativo. Pelo menos é essa a percepção do vereador Olímpio Oliveira…

Ao lado de Aguinaldo, prefeito pede a ministro recursos para Saúde de São José de Espinharas

Neste sábado (17) o Prefeito de São José de Espinharas, Netto Gomes (Progressistas), participou juntamente com o deputado federal e líder da Maioria no Congresso, Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) da visita…