Por pbagora.com.br

EXCLUSIVO – O governador José Maranhão (PMDB) acertou no discurso quando assumiu o governo no dia 18 de fevereiro prometendo priorizar investimentos em saúde e segurança pública no Estado. Os dois setores estão entres os três principais problemas da Paraíba, conforme pesquisa realizada pelo Instituto Opinião em todas as regiões do Estado e publicada com exclusividade pelo Portal PB Agora.

De acordo com a consulta estimulada, a Saúde é o principal problema que a Paraíba enfrenta atualmente na opinião de 38,6% dos eleitores paraibanos. Em segundo lugar, a aparece o Desemprego, temido por 29,2% dos entrevistados, e a Segurança, citada por 19,2%.

O Instituto Opinião ouviu, entre os dias 24 e 29 de abril, 1.985 eleitores paraibanos em 80 cidades do Estado, divididas nas regiões da Zona da Mata, Agreste, Borborema e Sertão.

Apenas 2,1% dos entrevistados disseram não saber responder à pergunta qual o principal problema enfrentado pela Paraíba atualmente.

Bem distante de Saúde, Desemprego e Segurança Pública aparece a Educação, citada como principal problema da Paraíba por apenas 5,3% dos entrevistados, Habitação (1,9%), Saneamento Básico (1,8%), Asfalto/Calçamento (1,8%) e Transporte (0,1%).

 

Mulheres, pobres e idosos são os que mais “temem” encarar a Saúde Pública na Paraíba

Entre os eleitores paraibanos que consideram a Saúde pública o principal problema da Paraíba, as mulheres, os de baixa renda e os idosos são os grupos mais descrentes com o setor no Estado.

Entre as mulheres entrevistas, 40,9% citaram a Saúde como principal problema da Paraíba. 43,8% dos eleitores com renda abaixo de um Salário Mínimo também elegeram a Saúde como ponto carente no serviço público da Paraíba.

Entre os eleitores acima de 60 anos de idade, a Saúde é o principal problema da Paraíba para 44,3%.

Entre os que possuem renda acima de dez Salário Mínimo, cerca de 32% consideram que a Segurança Pública é o maior problema do Estado.

No discurso de posse, no dia 18 de fevereiro deste ano, Maranhão disse que tinha duas prioridades imediatas: investir na reconstrução de 23 hospitais e combater a violência.

Coincidência ou não, ontem uma loja que fica vizinha ao Comando da Polícia Militar na Paraíba foi assaltada e o governo enfrentou duas denúncias de descaso em hospitais estaduais: em Cajazeiras e em Pombal, onde a prefeita do PT, Polyana Feitosa, acusa o governo de tentar “desmunicipalizar” a saúde local.

 

53,2% aprovam os primeiros dias do governo Maranhão III

Apesar disso, mais da metade dos eleitores paraibanos aprovam os primeiros dias de gestão do governador José Maranhão (PMDB), empossado no cargo após cassação do ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB).

A pesquisa do Instituto Opinião, que ouviu 1.985 pessoas em 80 municípios do Estado entre os dias 24 e 29 de abril, revela que os dois primeiros meses de Maranhão tem a aprovação de 53% da população, incluindo Ótimo (9,4%), Bom (28,6%) e Regular Positivo (15,2%).

No geral, 30,7% reprovam os primeiros dias da gestão do atual governador, incluindo Regular Negativo (9,5%), Ruim (10,2%) e Péssimo (11,0%).

O número dos entrevistados que disseram não saber responder à pergunta foi de 16,1%.

VEJA OS NÚMEROS DA PESQUISA DO INSTITUTO OPINIÃO


Dentre esses itens, qual o maior problema que a Paraíba enfrenta atualmente? (estimulada e única)

Saúde – 38,6%

 

Desemprego – 29,2%

 

Segurança – 19,2%

 

Educação – 5,3%

 

Habitação/Moradia – 1,9%

 

Saneamento Básico – 1,8%

 

Asfalto/Calçamento – 1,8%

 

Transporte – 0,1%

 

Não sabe/Não respondeu – 2,1%

 

 

Na sua opinião, como o (a) o senhor (a) avalia os primeiros dias da administração do governador do Estado José Maranhão?(estimulada e única)


Ótima – 9,4%

 

Boa – 28,6%

 

Regular Positivo – 15,2%

 

Regular Negativo – 9,5%

 

Ruim – 10,2%

 

Péssima – 11%

 

Não respondeu – 16,1%
 

 

PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Alvo da Calvário, RC diz que operação foi armação para lhe excluir da política

“Nunca recebi nada de ninguém e tenho como provar a minha inocência”. A declaração foi dada nesta terça-feira (07), durante entrevista, pelo ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, do PSB. Segundo…

Mulher, com ensino médio e de 35 a 59 anos é o perfil majoritário do eleitor nas eleições de 2020

Mulher, com ensino médio e de 35 a 59 anos é o perfil majoritário do eleitor que votará nas eleições de 2020, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Neste ano,…