Diferente dos últimos 14 anos, os bancários de todo o Brasil bateram o martelo e decidiram que não irão entrar em greve neste ano de 2017. Na Paraíba, não será diferente.

O Sindicato comemorou o reajuste real, apesar de pequeno, em meio à crise por que passa o país e destacou que durante esse período tradicional de greve a categoria fará uma campanha pela contratação e melhor atendimento nas agências bancárias de João Pessoa.

Segundo o presidente do Sindicato da categoria na Paraíba, Marcelo Alves, em entrevista à rádio CBN João Pessoa, na manhã desta segunda-feira (25), explicou que a paralisação não vai ocorrer por conta de um acordo feito com os banqueiros e que beneficiou a categoria, mesmo com o país passando por uma grave crise econômica.

“Na verdade a greve tem gerado transtorno não só para os bancários, mas também para a população em geral e aí no último ano, em 2016, depois de 31 dias em greve, nós conseguimos fazer uma negociação de dois anos. Embora não alcançamos o nosso reajuste real, mas tivemos um reajuste e um abono num cenário de uma inflação de 10%. Para esse ano o cenário é de deflação. Esse período de agosto a setembro a inflação ficou em torno de 1,7%, ou seja, o país está passando por uma recessão grande, desemprego grande, e nós tivemos um aumento real e isso aí nós estamos valorizando, porque diferente de outras categorias, nós conquistamos um aumento real e agora faremos uma campanha pela contratação e melhor atendimento nas agências bancárias de João Pessoa”, ressaltou.

OUÇA A ENTREVISTA À RÁDIO CBN

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Especialista contradiz Cartaxo sobre funcionalidade da drenagem da Barreira

Apesar do prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo (PV) ter recentemente visitado os trabalhos de drenagem na barreira do Cabo Branco, que estão sendo realizados pela prefeitura, com recursos próprios…

Vereadora da capital é ameaçada de morte pelas redes sociais e Câmara vai acionar PF

As redes sociais são espaços valiosos para difundir propostas e ideias, mas também do lado negativo, também reflete opiniões raivosas. É nesse último caso o que ocorreu nesta terça-feira (17),…