As bancadas partidárias devem concluir até a próxima terça-feira (3) o processo de definição dos nomes dos novos presidentes das comissões temáticas da Câmara, que terão mandatos de um ano. Entre os maiores partidos, apenas o PSDB já escolheu todos os seus nomes: os deputados Silvio Torres (SP) para a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle; Eduardo Gomes (TO) para a de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática; e Roberto Rocha (MA) para o Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

 

O PMDB indicou o deputado Tadeu Filippelli (DF) para presidir uma das principais comissões da Câmara, que é a de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), pela qual precisam passar todas as propostas legislativas. E indicou também a deputada Elcione Barbalho (PA) para a de Seguridade Social e Família.

 

Falta o partido definir sua indicação para a Comissão de Minas e Energia, o que deverá acontecer na segunda-feira. Há seis deputados na disputa, e a tendência é a de que o escolhido seja um dos dez integrantes da bancada do Rio de Janeiro.

 

Divisão de mandatos
O PT escolheu o deputado Vignatti (SC) para a Comissão de Finanças e Tributação, também de grande importância, pelo fato de analisar todos os projetos com implicações financeiras ou orçamentárias. Em reunião de bancada marcada para esta terça-feira (3), os petistas vão escolher entre Pedro Wilson (GO) e Luiz Couto (PB) para Comissão de Direitos Humanos e Minorias, e entre Maria do Rosário (RS) e Fátima Bezerra (RN) para a Comissão de Educação e Cultura. Há a possibilidade de divisão de mandatos, isto é, cada postulante pode ficar por apenas um ano na presidência da comissão.

 

O DEM pretende anunciar suas duas indicações até a noite de segunda-feira (2). Apesar de divulgado que Fábio Souto (BA) ficaria com a Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, enquanto a Índio da Costa caberia o Desenvolvimento Urbano, por enquanto, essas indicações não foram formalizadas.

 

O PP é o partido que mais mantém sigilo. Sua liderança anuncia que até terça-feira vai fazer suas indicações para as comissões de Turismo e Desporto; e de Legislação Participativa.

 

Menores bancadas
O PDT fechou o nome de Severiano Alves (BA) para a Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional. O PSC escolheu Silas Câmara (AM) para a Comissão da Amazônia, Integração Nacional e de Desenvolvimento Regional. Por sua vez, o PTB permanece negociando internamente quem será o representante da bancada na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público. Os petebistas evitam divulgar qualquer informação, mas prometem a decisão para esta segunda-feira (2).

 

No PSB, a liderança do partido informa haver dois deputados (ou deputadas) disputando a Comissão de Defesa do Consumidor, mas mantém em segredo os nomes. Até terça deve ocorrer a definição. O PCdoB tem reunião de bancada também na terça para definir sua indicação para a Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio, que acabou ficando com o partido de forma inesperada. Isso porque o PCdoB, de acordo com sua liderança, pretendia outra comissão e por isso não tem ainda um nome fechado.

 

O PR deve definir no início da semana seu nome para a Comissão de Viação e Transportes. Já o PPS marcou para terça-feira a escolha entre Marina Magessi (RJ) e Alexandre Silveira (MG) para a Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado.
 

 

camara.gov

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PBPrev: Eduardo Carneiro anuncia canal para servidores sugerirem emendas

O deputado Eduardo Carneiro inovou e colocou à disposição dos paraibanos um canal de comunicação para que sejam sugeridas emendas à PEC que trata sobre a reforma da Previdência na…

Vené anuncia emenda de R$ 1,3 mi para compra de Tomógrafo em Picuí

Veneziano anuncia em Picuí emenda de R$ 1,3 milhão para aquisição de Tomógrafo e mais R$ 200 mil para o Hospital Regional O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) participou…