Num grande evento realizado nesta quarta-feira 11, em Campina Grande, ao lado de Lucélio, Micheline e Daniella, Cássio afirmou que a eleição de Lucélio e Micheline representará um novo tempo de parcerias entre o estado e os 223 municípios paraibanos.

 

O senador disse, ainda,  que os paraibanos presenciam uma inédita campanha difamatória contra ele promovida pela máquina pública: “Algo jamais visto, pois o processo político não pode ser um cenário de guerra entre paraibanos e, sim, um grande debate de idéias, cujo desfecho é dado no instante indevassável entre o cidadão e a urna”.

 

Golpes baixos – Cássio também deixou claro o comportamento que vai adotar diante dos golpes baixos de que tem sido vítima: “Não esperem que nos baixemos ao nível deles. A verdade é uma arma muito poderosa.  A resposta às mentiras deve ser dada com a verdade. Desconfiem, confirmem, desmintam, ignorem" – sugeriu.

 

 Se cada um de nós for porta-voz dos fatos, as fakenews não prosperarão. As pessoas não são bobas, elas tem discernimento e bom-senso. O eleitor não quer ouvir bate-boca de moleques. Ele quer propostas factíveis de políticos sérios e comprometidos” –  salientou o senador.

 

Redação com Assessoria

Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Deputado diz que vídeo confirma crimes de Bolsonaro e é uma vergonha para o país

Por meio de suas redes sociais o deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) afirmou que o conteúdo do vídeo da reunião ministerial, liberado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), mostrou a verdadeira…

NOTA – presidente da ALPB lamenta morte do ex-deputado Dinaldo Wanderley

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino, em nome de todos os parlamentares e servidores do Poder Legislativo Paraibano, vem a público lamentar o falecimento do ex-deputado…