Por pbagora.com.br

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD), em entrevista ao programa ‘Arapuan Verdade, da Rádio Arapuan FM, defendeu que governos estaduais e municipais sejam chamados a depor na CPI da Pandemia. Ele se colocou, inclusive, à disposição para ser convocado, deixando claro que sua fala seria em defesa do Governo Bolsonaro, principal alvo da Comissão.

“Sou favorável que se investigue Governo Federal, governos dos estados e governos municipais. Obviamente, não teria problema algum caso fosse chamado a fornecer informações de ir para lá e repetir o que já repeti diversas vezes. Inclusive, o próprio Geraldo Medeiros disse aqui em Campina: quanto a entrega de medicamentos, de equipamentos, não se tem do que reclamar do Ministério da Saúde”, afirmou.

O gestor disse, ainda, que o Governo Federal fez sua parte e repassou os recursos necessários. Para ele, quem usou erroneamente o dinheiro tem a principal responsabilidade

“O Ministério da Saúde deixou faltar respirador? Não. Deixou faltar dinheiro para abrir hospital de campanha? Não. O governo federal deixou de entregar equipamentos? Não. Então a responsabilidade é de quem entregou o dinheiro ou de quem recebeu? Então eu não tenho receio algum”, finalizou.

 

Da Redação

Notícias relacionadas

Deltan teme que envio Justiça Eleitoral possa anular ação contra RC na Calvário

Após o STF enviar para Justiça Eleitoral o caso referente ao ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, no âmbito da Operação Calvário, o procurador federal Deltan Dallagnol compartilhou em suas redes…