Por pbagora.com.br

O final do ano de 2019 abalou a imagem política do ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho (PSB). A Operação Calvário, realizada no último dia 17, levou o gestor à prisão sob a suspeita de liderar um suposto esquema criminoso na administração estadual. Ricardo foi solto após habeas corpus concedido pelo Supremo Tribunal de Justiça.

Durante entrevista concedida à emissora de rádio de João Pessoa, o Pai de Santo Alexandre de Piragibe, da Casa de Força da Mãe de Todas as Cabeças de Iemanjá, no bairro do Valentina em João Pessoa, passou ao socialista algumas orientações e também fez previsões para o seu início de 2020.

Pai Alexandre recomendou que Ricardo busque manter-se calmo, mas não descartou o retorno dele à prisão no âmbito da Calvário. “Ele está sob a regência de Oxalá. Ele deve se manter calmo, deve se manter tranqüilo, não ‘passar os pés pelas mãos’”, orientou o religioso.

Pai Alexandre ressaltou a necessidade de estar atento e observar todos aqueles que o cercam e acrescentou que algumas vezes, por estar próximo a supostos culpados, pode-se levar a culpa também. “Muitas vezes nos sentamos à mesa com alguém e levamos a fama não pelo que fizemos, mas por ter estado à mesa e na hora do ‘pega pra capar’ sobra pra todo mundo”, explicou.

Sobre a possibilidade de RC voltar à cadeia, o religioso revelou:
– Vai haver uma recaída. Ele volta, mas não continua. Oxalá não vai deixar ele ficar preso.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mesmo com pedido de impuganação de registro, Anísio inicia campanha em JP

Apesar do pedido de impugnação do registro de sua candidatura, protocolado pelo Ministério Público Eleitoral, o deputado estadual Anísio Maia, do PT, deu início, neste domingo (27), à sua campanha…

“Nossos adversários são os problemas de JP”, diz Raoni sobre campanha

O candidato a prefeito pela Coligação “Pra João Pessoa funcionar”, Raoni Mendes (DEM), lançou, neste domingo (27), a campanha nas redes sociais “O 25 tá ON (on line). O objetivo…