O final do ano de 2019 abalou a imagem política do ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho (PSB). A Operação Calvário, realizada no último dia 17, levou o gestor à prisão sob a suspeita de liderar um suposto esquema criminoso na administração estadual. Ricardo foi solto após habeas corpus concedido pelo Supremo Tribunal de Justiça.

Durante entrevista concedida à emissora de rádio de João Pessoa, o Pai de Santo Alexandre de Piragibe, da Casa de Força da Mãe de Todas as Cabeças de Iemanjá, no bairro do Valentina em João Pessoa, passou ao socialista algumas orientações e também fez previsões para o seu início de 2020.

Pai Alexandre recomendou que Ricardo busque manter-se calmo, mas não descartou o retorno dele à prisão no âmbito da Calvário. “Ele está sob a regência de Oxalá. Ele deve se manter calmo, deve se manter tranqüilo, não ‘passar os pés pelas mãos’”, orientou o religioso.

Pai Alexandre ressaltou a necessidade de estar atento e observar todos aqueles que o cercam e acrescentou que algumas vezes, por estar próximo a supostos culpados, pode-se levar a culpa também. “Muitas vezes nos sentamos à mesa com alguém e levamos a fama não pelo que fizemos, mas por ter estado à mesa e na hora do ‘pega pra capar’ sobra pra todo mundo”, explicou.

Sobre a possibilidade de RC voltar à cadeia, o religioso revelou:
– Vai haver uma recaída. Ele volta, mas não continua. Oxalá não vai deixar ele ficar preso.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

RC não vai a evento da FJM e reacende tese de que PSB estaria se desvinculando da sua imagem

Foi só o ex-governador Ricardo Coutinho não comparecer ao primeiro evento realizado em 2020 pela Fundação João Mangabeira, a qual ele preside, na última terça-feira (21) no Tocantins, para que…

João Azevêdo deseja manter alinhamento com a ALPB em 2020

Com o apoio da maioria dos parlamentares na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) durante o seu primeiro ano de mandato, o governador João Azevêdo deseja manter o alinhamento com o…