Por pbagora.com.br

Vereador com mais mandatos na Câmara Municipal de Campina Grande, Olímpio Oliveira (PSL), que integra a bancada que faz oposição à atual gestão, lamentou a divisão de seu bloco na Casa Félix Araújo diante dos acordos que foram feitos para a eleição da próxima Mesa Diretora. Dos seis vereadores que compõem o grupo, mais da metade decidiu apoiar o nome do vereador Marinaldo Cardoso, do Republicanos.

– Lamentavelmente, a bancada que foi eleita com votos de oposição de Campina Grande foi fracionada. Nós dialogamos desde o primeiro instante, que nós deveríamos tomar uma decisão colegiada, ninguém se opôs, mas não foi isso que aconteceu. Eu queria discutir sobre a imagem da CMCG, a qualidade do serviço para a cidade – disse.

Por ter o maior número de mandatos consecutivos, fica delegado a Olímpio Oliveira presidir as eleições da Mesa Diretora da Câmara e, consequentemente, a primeira sessão da CMCG em 2021, apesar de não ser o presidente da Casa.

OUTRO LADO

O vereador Anderson Almeida, do Podemos, também criticou a falta de punho firme da oposição ao pontuar os problemas da cidade. Segundo ele, o insucesso de outros colegas se deu justamente por essa inoperância.

Sobre a insatisfação de Olímpio, Anderson comentou que o vereador Olímpio não combinou com os demais membros da futura bancada de oposição o seu pré-lançamento à presidência da Câmara, por isso foi preterido.

“Só informou depois do lançamento”, frisou Anderson.

 

PB Agora

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Notícias relacionadas

Opinião: Marmuthe Cavalcanti dissemina fake news sobre agência da CEF no Valentina

Certa vez o filósofo grego Aristóteles, com toda sua sapiência disse: “Que vantagem têm os mentirosos? A de não serem acreditados quando dizem a verdade”. Pois bem, o vereador de…

Manifestantes realizam carreata em JP pedindo o impeachment de Bolsonaro

Na tarde deste sábado (23), movimentos sociais e partidos políticos realizam uma carreata em João Pessoa pedindo o impeachment do presidente Jair Bolsonaro. A manifestação teve início na Praça da…