Por pbagora.com.br

A Procuradoria Geral da República (PGR) tem o dever de investigar se a eventual troca de favores entre o presidente Jair Bolsonaro e o provável mentor intelectual de sua gestão, o astrólogo metido a filósofo, Olavo de Carvalho, envolve dinheiro e serviço públicos.

A providência se faz necessária, sobretudo depois do vídeo que viralizou no mundo virtual em que o guru de Bolsonaro e a trinca de filhos faz um desabafo raivoso contra o presidente da República a ponto de, de cima de sua presunção desmedida, ameaçar derrubar o Governo.

A propósito da ameaça de dinamitar o Governo Bolsonaro, a Procuradoria Geral da República também precisa procurar saber quais são os trunfos-dinamites que o tal Olavo de Carvalho tem guardado para eventual atentado à gestão bolsonarista. O que saberia o astrólogo, de tão grave, sobre o governo de Jair Messias Bolsonaro, que tem sido desastroso desde o começo?

Ódio
No tal vídeo, o metido a filósofo ainda confirma que “as milícias e o tal gabinete do ódio existem há muito tempo”. Só que, segundo Olavo, operavam contra ele próprio e não contra Jair Bolsonaro.

O estranho nesta declaração é que nunca se ouviu falar em gabinete do ódio contra Bolsonaro. Muito pelo contrário, seria um gabinete instalado dentro do Palácio do Planalto operando contra os adversários do presidente da República que, naturalmente, não inclui o “professor Olavo”.

No c…
Numa linguagem chula, semelhante a do presidente da República do Brasil na famosa reunião ministerial, que deixou o país perplexo pelos termos das discussões, Olavo de Carvalho disse, literalmente: “Se você não é capaz de me defender contra essa gente, eu não quero sua amizade”. E ainda sugeriu que a maior autoridade brasileira “enfiasse no c…” uma condecoração que, presumivelmente, lhe seria concedida pelo Governo Brasileiro.

Que obrigação tem o governo Bolsonaro defender Olavo de Carvalho, que não mora nem no País? Eu, hein?!..

Querendo grana?
Deduz-se do revoltado desabafo do astrólogo: ele quer é dinheiro para que ele possa se manter nos Estados Unidos diante do perrengue pelo que estaria passado em decorrência de indenizações decorrentes de processos movidos contra nos quais teria sido condenado por dizer o que não prova.
Berra Olavo, no vídeo: “Essas multas que os caras estão cobrando de mim é pra me arruinar totalmente. Como é que eu vou poder sobreviver aqui nos Estados Unidos sem um tostão furado? Não dá para fazer isso. Se eu não posso ser remunerado pelo meu trabalho, vou viver do quê?”

E daí?
Sim, mas o que tem a ver Jair Bolsonaro com as condições de sobrevivência do seu guru nos Estados Unidos? A propósito, a PGR precisa investigar se por acaso dinheiro do erário brasileiro está sendo usado para bancar as despesas de Olavo nos Estados Unidos; ou se a gestão está envolvida em articulações com setores do empresariado para amealhar fundos pró-Olavo.

Outra investigação que precisa ser feita é que tipo de “trabalho” o guru do quarteto Bolsonaro estaria prestando a eles ou ao Governo, pelo que estaria sendo ressarcido segundo fica subentendido no áudio.

Em dado momento do discurso raivoso de Olavo de Carvalho, ele acusa o presidente Bolsonaro de estar prevaricando diante de crimes flagrantes. Segundo ele, os bandidos cometem os crimes, o presidente presencia e não faz nada.

Generais
Tratando o governo do “mito” por merda, Olavo de Carvalho afirma que Bolsonaro é aconselhado por generais covardes ou vendidos.

A PGR ou a quem competir também tem que investigar a acusação de que há no governo generais vendidos: Vendidos a quem e pagos por quem e para que?

 

Wellington Farias
PB Agora

Por Wellington Farias

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Prefeitáveis de CG discutem sobre machismo e feminismo em debate na TV

Os temas machismo e feminismo foram destaques no debate na TV Itararé com os candidatos e a candidata a prefeita de Campina Grande, realizado na última sexta-feira (23). Olímpio Rocha…

Ana Cláudia visita AeC Call Center e detalha propostas para a geração de empregos em CG

A candidata a prefeita de Campina Grande Ana Claudia (Podemos-19), da Coligação ‘Novos Tempos, Novas Soluções’, visitou na manhã desta segunda-feira (26) a empresa de call center AeC – Relacionamento…