O verdadeiro “Mito” desse País não cortou verbas da Educação. Não estimulou e liberou o posse de arma, achando que a proteção dos brasileiros está na força das armas. Não tratou com arrogância e estupidez Jornalista, e nunca chamou o povo de "idiotas úteis e massa de manobra”.

Também não propôs cortes de direitos históricos do trabalhador, nem tão pouco andou falando “asneiras” por aí, e estremecendo as relações com países internacionais. Com a verdadeira postura que um chefe de Estado deve ter, soube se comportar aqui e nas diversas reuniões da Cúpula do G 20, onde defendeu mais participação dos países emergentes nas decisões multilaterais, e a reformulação do sistema financeiro.

Não era avesso a tecnologia, mas nem por isso, dependeu de um aparelho celular na mão para governar, o País, e mesmo sendo tratado de “analfabeto” tinha conhecimento e domínio dos assuntos relacionados a política internacional, a economia, questões ambientais, tecnologia entre outros temas de alta complexidade. Mesmo preso, continua sendo respeitado mundialmente, por ter dado a sua contribuição na formação do G 20.

O verdadeiro mito é aquele que mesmo encarcerado, prende atenção de toda uma nação. Quando dá entrevista, como fez recentemente, abordando uma “avalanche” de assuntos, o Brasil se encanta ao beber da sua sabedoria. E mesmo os seus adversários ficam pasmos.

""

 

Falo do homem que tirou milhares de famílias da linha da pobreza; que criou programas sociais revolucionários, que elevou o nível da educação nesse País, e escancarou as portas das Universidades públicas para os filhos e filhas de trabalhadores. Que deu dignidade aos brasileiros e estreitou o imenso abismo que ainda separa as classes sociais, proporcionando justiça e igualdade.
O homem fenômeno de popularidade, amados pelos pobres, e odiados pelos defensores de uma elite burra, que garantiu moradia digna aos brasileiros que sonhavam com a conquista da casa própria. O “companheiro” que não ficou famoso pelo caso do “triplex”, mas por seu legado e por tudo que realizou, e que incontestavelmente, foi o melhor presidente que esse país já teve.

O Lula é mesmo fantástico. Se a Justiça autorizar a sua soltura, ele vira presidente; se continuar preso e morrer na prisão, se torna um herói nacional, perpetuado nos livros, na história e na memória do povo.

Clássica frase de quem sabe o que fala, e não precisa se esconder por trás de um aplicativo para expor o que pensa. “Sofrimento do povo segue sendo minha maior angústia".

(Severino Lopes)

""

 

 

Severino Lopes

PB Agora

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Total
0
Compartilhamentos
Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Especialista aponta perigo de obra da PMJP para moradores do Oitizeiro

Em entrevista a imprensa o professor Gilson Moura, do Departamento de Sistemática e Ecologia da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), comentou sobre os riscos das obras de construção das estações…

Veneziano diz que oposições precisam mudar estratégias para não repetir erros de 2016

O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB) não quer que as oposições de Campina Grande repitam os erros de 2016 quando lançaram duas candidaturas e não obtiveram êxito nas urnas.…