Por pbagora.com.br

A sangria não cessa e fragiliza, de forma explícita, a bancada oposicionista ao governador João Azevêdo (Cidadania) na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). Primeiro o deputado Raniery Paulino (MDB) migrou para o bloco de sustentação do chefe do Executivo estadual no último dia 23, cuja aproximação surpreendeu não só seus colegas de Casa, mas todos ligados à seara política do estado.

Então líder da oposição na ALPB, Raniery Paulino e João Azevêdo entraram em consenso, formalizando uma aliança política entre o MDB e Cidadania, cujas duas siglas caminharão unidas nas eleições municipais de Guarabira, reduto político do emedebista. Esse foi o primeiro golpe sentido pela oposição. Inserindo uma analogia com o boxe, foi um direto no queixo do adversário que balançou sua base no ringue.

E seguindo o combate, no segundo round João Azevêdo desferiu outro golpe nos seus oposicionistas. Dessa vez foi deputado Eduardo Carneiro (PRTB), que era vice-líder da oposição na Casa de Epitácio Pessoa, e agora integra bancada governista.

Presidente da Frente Parlamentar do Empreendedorismo e Desenvolvimento Econômico na ALPB, Eduardo Carneiro é um quadro valioso, assim como Raniery Paulino, para os interesses do Executivo que são discutidos e formulados no Legislativo paraibano.

Tendo o apoio da Executiva Nacional do seu partido, Carneiro vê a possibilidade de consolidar uma união entre o PRTB e o Cidadania nas eleições para prefeito em João Pessoa, cuja sua pré-candidatura já está firmada. E valendo-se de estratégias bem elaboradas, João Azevêdo vem demonstrando, como apontei na coluna passada, sua habilidade política, algo que muitos duvidavam e a oposição tinha certeza.

Resta à deputada Camila Toscano (PSDB), hoje líder da oposição na Assembleia Legislativa da Paraíba, absolver os golpes e manter diálogo com seu grupo, no intuito de não “perder” outros parlamentares para o bloco de sustentação de Azevêdo.

 

Eliabe Castor
PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Redes sociais vão limitar e caracterizar propaganda eleitoral

As propagandas políticas e eleitorais serão identificadas com um selo no Facebook e no Instagram, e poderão ser ocultadas pelos usuários a partir desta semana. Ao abordar o tema, o…

PB Agora/Datavox: aprovação da gestão João Azevêdo chega a 84,1% em Triunfo

A gestão do governador João Azevêdo (Cidadania) é aprovada por 84,1% da população do município de Triunfo, na Paraíba. Os números são resultados da pesquisa Datavox/PB Agora realizada na cidade,…