A Paraíba o tempo todo  |

Opinião: Freio de arrumação!

Dia 2 de abril terminou o prazo para mudanças partidárias da classe política na área legislativa quanto a filiação a novos partidos políticos, sem que ocorresse perda de mandato. Foi um Deus nos acuda total, até o último minuto daquele sábado, 2 de abril. A grande pergunta: Quem ganhou e quem perdeu com as trocas de postulantes nos partidos? Na verdade, Bolsonaro e seu partido, PL, e os demais partidos que o apoiam, foram grandes vencedores. No fim da conta, chegaram a somar um grupo de 162 deputados na Câmara Federal, que agregaram-se para apoiá-lo.

O PT & Cia não cresceu muito e quase continuou com as mesmas caras de apoio de sempre. O interessante também é notarmos que ninguém nesse período pulou do barco do Bolsonaro, pelo contrário, agregaram-se outros ao mesmo. Isso quer dizer que essa turma que vive perto do poder não acredita nos números dessas imensas pesquisas que dão uma vantagem descomunal ao Lula. Bolsonaro, pelos números das últimas pesquisas de opinião, tem se mostrado robusto, com os elementos necessários para chegar ao 2 de outubro com força suficiente para ganhar através dos votos depositados na boca da urna.

Na terrinha, minha Paraíba, não foi diferente. O governador João Azevedo, tudo indica que ainda está na cabeça quanto a números nas pesquisas de opinião, porém, João continua atravessando águas caudalosas. Ele necessita estar com um olho no Padre e outro na Missa. Pedro Cunha Lima se sobressaiu no fechamento da janela partidária, Efraim Filho e o Aliança Brasil, foram fatores favoráveis aos dividendos políticos obtidos por Pedro. Sua campanha e seu nome tomaram novas forças.

Pedro ainda recebeu outros apoios sólidos advindos do interior do estado. Com certeza, a preço de hoje, Pedro Cunha Lima é a oposição mais forte a João Azevedo. Os Cunha Lima ainda ditam as normas políticas no estado, desde o seu quartel general em Campina Grande. Efraim Filho, usando de boas estratégias, está se consolidando como um candidato viril e forte ao pleito senatorial que se avizinha. Aguinaldo Ribeiro vem logo atrás, porém, os Ribeiros ficaram a esperar muito no Governador João Azevedo, coisa que Efraim Filho deixou para trás devido a demora de João em se decidir por apoiar oficialmente um candidato ao Senado Federal.

O que tem na cabeça de João, quanto a esse tema, só Deus sabe. Efraim, fez o correto. Diz o velho ditado: “Seguro morreu de velho e desconfiado ainda vive”. O Romero Rodrigues, ex-prefeito de Campina Grande, foi o que ficou a ver navios. Em uma corrida tão pujante, onde vaca desconfia de bezerro, um líder não pode titubear. Romero, tem se mostrado indeciso e medroso em várias ocasiões de sua trajetória política. A política partidária é agressiva, dinâmica e não permite esses vacilos. Não se preocupe, Romero, os Cunha Lima, com certeza, darão as mãos a você. Em meio aos Cunha Lima, a palavra mais forte ainda sai da boca de Cássio, disso ninguém tenha dúvida. Romero necessita entender essa verdade de uma vez por todas.

Quanto ao nosso amado Pr. Sérgio Queiróz, nesse jogo de águias, ele tem tudo para tomar altos voos. Está num partido pequeno e sem muita expressividade de fogo político em nosso estado, porém, não esqueçamos: Sérgio é um nome e pessoa pujante, que traz muita força e convicção do que quer em seu bojo psicológico e tem um exército de seguidores que veem em sua mensagem uma resposta sólida às suas necessidades a serem supridas no Senado Federal. Com certeza, Sérgio, nos debates se sairá bem e o eleitorado que o segue responderá de um modo efetivo aos seus apelos.

Finalmente, esperamos que os políticos que venhamos a eleger em outubro, estejam comprometidos com as reais necessidades do nosso povo que tanto sofre. O freio de arrumação foi dado, agora, é corrermos até o ponto final.

Elcio Nunes
Instagram: elciojnunes

PUBLICIDADE

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      11
      Compartilhe