A Paraíba o tempo todo  |

Opinião: Discurso comum e recorrente!

Políticos de Brasília e de todo Brasil esperavam um discurso bombástico e com uma roupagem nova vindo de parte do ex-juiz Sérgio Moro, pura decepção, foi mais um discurso comum e recorrente. A imprensa aberta não deu a relevância publicitária que se esperava do discurso. Na verdade, houve um silêncio sepulcral sobre o mesmo. Hoje, no Brasil, Sérgio Moro é admirado por alguns e aborrecido por muitos. A ala bolsonarista o vê como traidor. Os lulistas, como um verdugo, injusto… de resto lhe sobram poucos admiradores.

Quem pensava que com a entrada do Sergio Moro na política nasceria a terceira via enganou-se. A polarização de votos continua entre Lula e Bolsonaro. Lula desponta com números nas pesquisas de opinião, que assombra a maior parte do eleitorado brasileiro que, em silêncio, questiona: “onde estão esses eleitores que não se manifestam?”.

O Lula, até agora, não se atreve a pôr a cara nas ruas e ser abordado numa esquina. Bolsonaro, na verdade, caiu um pouco na preferência do eleitorado, isso tem sido normal no terceiro ano de muitos governos, porém, não tanto quanto dizem as pesquisas de opinião, que nessa época não sofrem abordagem nem fiscalização do Tribunal Superior Eleitoral, até que venha o período de fiscalizações das mesmas, no mês de março de 2022.

Bolsonaro tem tudo para tomar fôlego até março do próximo ano. O Auxílio Brasil de R$ 400,00 (quatrocentos reais) já foi aprovado pela Câmara dos Deputados e tem tudo para passar no Senado. Ele tem um governo, até agora, sem corrupção comprovada, coisa que o inimigo está louco que aconteça. Um trabalho fantástico feito pelo Ministro da Infra Estrutura, Tarcisio de Freitas. Na agricultura, a ministra Tereza Cristina tem sido eficientíssima, levando o Agro Negócio a ser um dos carros chefe do governo de Jair Messias Bolsonaro. A vacinação está de vento em popa.

Esperamos que o povo tenha controle nas festividades natalinas e no carnaval que se avizinha. É bom que fique bem claro na mente do povo brasileiro que a crise econômica é mundial. Eu vivo nos Estados Unidos e aqui também temos sentido na pele esse terrível incômodo. A gasolina aqui e em outras partes, incluindo Europa, também está com preço assustador, logo, a crise é universal.

O Brasil está fazendo o que pode dentro desse contexto adverso e aos poucos está se saindo bem. Na verdade, necessita de certa calma do povo brasileiro para enfrentarmos esses dias difíceis. Sei que pedir isso não soa fácil, porém, é necessário. Não queremos o retrocesso de pormos outra vez no poder um regime que só nos trouxe dor de cabeça e destruição. Queremos sim um Brasil melhor e que acolha seu povo com dignidade!

PUBLICIDADE

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe