Por Wellington Farias

Não existe cenário bom em meio a uma pandemia.

Em qualquer tempo, em qualquer época, pandemia significa grandes perdas. Sejam elas materiais ou humanas. Tem sido assim ao longo da história da humanidade: todos perdem, e não há culpados pela escalada de propagação dos mais variados tipos de vírus causadores de surtos, endemias e pandemias. Não tem boquinha.

Exceção à regra

É natural que os empresários dos mais variados setores se queixem das medidas governamentais contra o coronavírus, pelos prejuízos material e econômico que elas inevitavelmente causam. Da mesma forma, é perfeitamente compreensível o lamento de setores das classes trabalhadoras por estarem proibidas de comparecer ao trabalho. Com as honrosas exceções, como agentes de saúde, de segurança, de comunicação etc.

 

Estes, não.

O que não dá pra entender é uma minoria que pouco está se lixando para o sofrimento da humanidade e para o luto que se abate sobre milhões de famílias, explorando a pandemia como cavalo de batalha político-eleitoral.

Estes não merecem o perdão, muito menos o acolhimento de suas pretensões eleitorais, por parte dos eleitores. Estas criaturas de notória pobreza de espírito são a escória da humanidade.

Pleito

A menos que haja um adiamento do pleito de 2020, em decorrência da situação dramática em que todos nós vivemos, é sugestivo banirmos da nossa pretensão de votar exatamente essas criaturas que, para se eleger, vendem até a mãe ao diabo e não entregam.

 

Wellington Farias

PB Agora

Por Wellington Farias

Notícias relacionadas

Opinião: a força do PP nas eleições de 2022 pode mudar o cenário político na PB

Em política, nada é desprezível. Gostando, ou não, o próprio homem é um recipiente político. A filosofia explica tal fato. Aristóteles formulou um pensamento próximo ao que escrevi. Claro! Meu…

Wilson Filho reforça falta de afinidade com novo perfil do PTB

Em entrevista à reportagem do PB Agora na tarde desta sexta-feira (14), o deputado estadual Wilson Filho (PTB) deixou claro que irá seguir os passos do pai no tocante a…