A Paraíba o tempo todo  |

Opinião – Celebração no Busto!

Quando li nos principais portais de João Pessoa que Lula da Silva estaria presente no dia 04 de agosto no Busto de Tamandaré para trazer apoio ao pré-candidato Ricardo Coutinho ao Senado e ao também pré-candidato ao Governo do Estado da Paraíba, atual senador, Veneziano Vital, recebi a notícia com estranheza. Na verdade, Lula da Silva e o PT estão empenhados mesmo na Paraíba é com a pré-candidatura ao senado do ex-governador, Ricardo Coutinho.

Lula quer a todo custo, manter-se fiel àquele que lhe foi fiel em todos os momentos, inclusive em momentos de grande angústia que o líder petista passou e toda a nação brasileira o sabe muito bem. Ricardo Coutinho esteve ali, firme e ao seu lado, agora o PT através de seu líder maior quer pôr um dever moral devolver-lhe a lealdade. Veneziano Vital, para Lula, é apenas uma curva no caminho, até porque, Veneziano, não tem nada a perder, todavia lhe resta mais quatro anos no Senado da República.

Regressando ao ato livre que deveria ser celebrado no dia 4 de agosto, no Busto de Tamandaré, hoje os portais trazem a notícia de que foi modificada a agenda do Lula em João Pessoa e transferida para o dia dois de agosto em Campina Grande. A ideia é sem sombras de dúvidas, sensata.

– Primeiro: Queira ou não, a oposição, Bolsonaro é forte em algumas capitais do nordeste, incluindo a da Paraíba. Nas eleições de 2018 ele ganhou em cinco capitais nordestinas, incluindo João Pessoa, no primeiro e segundo turno.

– Segundo: Seria imprudente uma aglomeração a céu aberto na orla de João Pessoa, como sabemos, nessa área vivem pessoas de classe média alta e a maioria são defensoras da candidatura do atual Presidente. Seria uma insensatez a realização desse ato naquele sítio litorâneo. É como jogar terra em dois cachorros ferozes para brigar. Creio que alguém pensou bem e resolveu fazer o mais sensato antes que algum mal viesse a acontecer. Parabéns para quem assim pensou.

– Terceiro: Todos sabem que a convenção do PSB está programada para o dia 5 de agosto em João Pessoa, e que o pré-candidato João Azevêdo apoia o pré-candidato, Luiz Inácio da Silva à Presidência da República. Todos que militam na política, sabem que também o pré-candidato a vice de Lula, Geraldo Alckmin, pertence ao PSB do governador. Logo, tudo seria uma incoerência e falta de respeito. Creio que João e sua equipe emitiu um sinal vermelho em direção ao quartel general de seu partido e uma atitude coerente foi tomada.

Finalmente, até o dia 5 de agosto todas as convenções partidárias terão que ser realizadas, a partir daí o coro come e quem tiver mais sebo nas canelas poderá alcançar maiores alturas. Nilvan Ferreira e Pedro Cunha Lima, com certeza, terão suas convenções realizadas em território campinense. Por falar em Nilvan Ferreira, dizem que o mesmo tem sido muito bem avaliado entre os quatros principais concorrentes. Essa campanha não será tão folgada para João Azevedo, apesar do mesmo ter a máquina do governo nas mãos, também dizem que Pedro Cunha Lima e Veneziano Vital vem a todo vapor. Essa campanha eleitoral de 2022 na Paraíba, vai ser emocionante, quem viver verá. Com certeza, teremos segundo turno. Ninguém levará no primeiro round.

 

Elcio Nunes
@elciojnunes

PUBLICIDADE

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      2
      Compartilhe