Em entrevista a imprensa radiofônica da capital, moradores da região das Três Lagoas declararam neste final de semana estarem apreensivos em relação ao período de chuvas que está prestes a iniciar, e não é por menos, segundo os relatos muitas áreas da comunidade correm risco de desabamento ou de inundação.

No local existem obras de desobstrução da tubulação, que faz o escoamento das águas para o Rio Jaguaribe, porém as mesmas não foram concluídas e as chuvas, que já começam a cair, passam a ser motivo de preocupação. O ministério público orienta os moradores a denunciarem a situação.

O mais recente alagamento aconteceu no mês de junho e em novembro a equipe de reportagem falou com representantes da comissão dos moradores atingidos pelas chuvas que informaram que apenas 50% da obra havia sido realizada.

O cenário encontrado na última quinta-feira, não foi muito diferente, lixo e mato margeiam as lagoas e no local onde a tubulação foi obstruída, às margens da BR-230 sentido Bayeux, um enorme buraco está aberto.

O Ministério Público Estadual está acompanhando o caso mas a promotora de Defesa da Cidadania e dos Direitos Fundamentais, Sônia Maria de Paula Maia, afirmou que a última notificação que recebeu dizia que a obra estava sendo realizada. “É preciso que os moradores contem o que está acontecendo, se manifestem a respeito da situação”.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vereador cobra a implantação de Serviço de Verificação de Óbitos em Campina

O vereador campinense Olimpio Oliveira conseguiu nesta terça-feira (07), na Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG), a aprovação do requerimento nº 1.169/2020, onde o parlamentar solicita ao prefeito a instalação…

Ana defende criação do Hospital do Idoso e Clínica de Recuperação de Dependentes Químicos, em CG

“Juntos, Podemos mais…” essa é a opinião de Ana Cláudia Vital do Rêgo (Podemos), como pré-candidata à prefeitura de Campina Grande, neste ano, ao defender a união de ideias e…