O empresário Arthur Bolinha, que anunciou nesta quarta-feira (07) que deverá integrar os quadros do PSL em Campina Grande para disputar a prefeitura da cidade, em 2020, endureceu o tom do discurso contra o deputado estadual Moacir Rodrigues (PSL), que é irmão do atual prefeito Romero Rodrigues (PSD) e classificou o discurso do parlamentar como desprezível.

EM recente entrevista, Moacir Rodrigues (PSL) acusou Bolinha de ser um  “esquerdista” por ter acompanhado, por vários anos o grupo do PSB na Paraíba. O empresário, no entanto, salientou que o parlamentar mostra “desconhecimento da realidade”.

– Poucas pessoas são tão conservadores quanto eu. Todos os meus valores foram voltados aos valores que o PSL abraçou como suas causas, e antes o partido não tinha essas bandeiras. O que Moacir fala, infelizmente, é desprezível. É uma pena, é lamentável, vindo de uma figura que tem um mandato de deputado estadual. É como se a Paraíba tivesse apenas 35 deputados estaduais. Muito ruim isso – reprovou.

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Luciano Cartaxo leva “puxão de orelhas” em público de Damião durante encontro

Um encontro em Brasília entre o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV) e bancada paraibana no Congresso Nacional, na última terça-feira (8),  resultou num puxão de orelha para o…

Congresso avalia abertura do setor de saneamento à iniciativa privada

Na tentativa de reverter os baixos índices de acesso a água e esgoto tratados no país, o Congresso virou palco de uma disputa de projetos para mudar as regras para…