O empresário Arthur Bolinha, que anunciou nesta quarta-feira (07) que deverá integrar os quadros do PSL em Campina Grande para disputar a prefeitura da cidade, em 2020, endureceu o tom do discurso contra o deputado estadual Moacir Rodrigues (PSL), que é irmão do atual prefeito Romero Rodrigues (PSD) e classificou o discurso do parlamentar como desprezível.

EM recente entrevista, Moacir Rodrigues (PSL) acusou Bolinha de ser um  “esquerdista” por ter acompanhado, por vários anos o grupo do PSB na Paraíba. O empresário, no entanto, salientou que o parlamentar mostra “desconhecimento da realidade”.

– Poucas pessoas são tão conservadores quanto eu. Todos os meus valores foram voltados aos valores que o PSL abraçou como suas causas, e antes o partido não tinha essas bandeiras. O que Moacir fala, infelizmente, é desprezível. É uma pena, é lamentável, vindo de uma figura que tem um mandato de deputado estadual. É como se a Paraíba tivesse apenas 35 deputados estaduais. Muito ruim isso – reprovou.

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Sem mandato, Cássio garante que continuará colaborando com a Paraíba e classifica como remota tese de disputar PMCG

Sem mandato há seis meses, o ex governador e ex senador Cássio Cunha Lima (PSDB), praticamente afastou a possibilidade de disputar a prefeitura de Campina Grande nas eleições do próximo…

Análise: Galdino acredita na reconciliação de RC e João, e PSB sabe a importância dos líderes para 2020

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino (PSB), deu a senha que aterroriza alguns setores da política paraibana. A real possibilidade do ex-governador Ricardo Coutinho, e seu sucessor,…