“Não dá para o governo aceitar que alguma pasta esteja trabalhando em passos lentos. O governo deve fazer algum realinhamento na máquina”. A declaração é do secretário de Articulação Política do Governo da Paraíba, João Gonçalves (Podemos) ao adiantar, durante entrevista à Rádio Jovem Pan de João Pessoa, nesta segunda-feira (07), o tom da reunião que será adotado pelo governador João Azevêdo (PSB) durante encontro com o secretariado, logo mais, às 9h, no Centro de Convenções, em João Pessoa.

Segundo João Gonçalves, João Azevêdo dará uma espécie de puxão de orelha em auxiliares que estejam trabalhando lentamente.

“O que o governador não pode admitir é que uns estejam mais imbuídos e outros menos. O governo quer o governo falando a mesma língua e separando as questões da crise do partido e do governo”, disse o deputado estadual licenciado.

Este será o primeiro encontro promovido pelo governador com a sua equipe de gestão desde a crise do PSB, que coloca de lados opostos o grupo do atual gestor e do ex-governador Ricardo Coutinho.

Gonçalves ainda admitiu que Azevêdo deve promover realinhamentos no secretariado.

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: Eliza estimula suicídio e recrimina discussão sobre violência contra mulher

O cuidado quando se escreve sobre algo ou alguém requer, antes de tudo, certa parcialidade, pois entendo que ser imparcial por completo é algo fantasioso e humanamente impossível de ser…

Eduardo Carneiro defende PL que torna carne de sol de Picuí patrimônio imaterial

O deputado estadual Eduardo Carneiro (PRTB) vai recorrer da decisão da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) que considerou o projeto de Lei…