Nesta sexta-feira (27), durante entrevista, o prefeito interino de Patos, Ivanes Lacerda (MDB), lamentou a derrota sofrida na Câmara Municipal durante votação do código tributário.

Ivanes Lacerda declarou que não haverá convocação dos vereadores em Sessão Extraordinária com o intuito de apreciar novamente o código tributário. Para o gestor, por se tratar de tributos, caso fosse aprovado, o texto só teria a validade em 2021. Desta forma, não existe a necessidade de uma nova convocação em janeiro

Neste caso, o prefeito de Patos declarou que será ainda mais complicado reduzir os efeitos da crise econômica no município. “Não se fala mais em código tributário no Poder Legislativo em 2020, que só valeria para 2021. E esse inimigos de Patos estarão vivos em 2021, então, não tenho mais o que discutir com o Legislativo sobre o código tributário, declarou o prefeito.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Poluição sonora lidera ranking de reclamações na capital

A poluição sonora, hoje é um dos piores danos a saúde dos pessoenses é o que aponta levantamento de ocorrências de chamados da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semam) de…

Saibam quais são prioridades de Galdino para a retomada dos trabalhos da ALPB

Com a proximidade do fim do recesso parlamentar da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), no começo do próximo mês o presidente da Casa, o deputado estadual Adriano Galdino (PSB), revelou…