Após emplacar a presidência do PPS na Paraíba, depois de muita polêmica interna na legenda, o vice-prefeito de João Pessoa, Nonato Bandeira segue agora como estrela do partido, sendo alçado, inclusive, como o candidato da sigla para disputar o posto que ele chegou a defender para o ex-prefeito Luciano Agra (PEN) – o Governo do Estado. 

A defesa foi feita, na manhã desta terça-feira (12), pelo vereador Djanilson da Fonseca, o Faca Cega, que também integra os quadros do PPS na Paraíba.
Fonseca disse que o partido admite conversar com todas as outras postulações, mas que a prioridade, neste momento, é lançar o vice-prefeito Nonato Bandeira como candidato do partido ao Governo do Estado em 2014.

O vereador ainda comentou sobre a recente vitória de Bandeira para comandar a legenda e destacou que o novo dirigente irá trabalhar para remontar a legenda e amenizar a crise interna.

Djanilson fez questão de destacar também a importância da deputada Gilma Germano nos quadros da sigla, ressaltando que ela ‘é uma companheira importante mesmo que ela siga com Ricardo Coutinho, o partido tem que fazer com que ela seja respeitada’.

Na Câmara Municipal, Fonseca disse que o partido segue integrando a bancada governista, porém sem subserviência. “O que considerarmos bom para João Pessoa vamos apoiar, o que consideramos ruim, vamos rejeitar”, avisou.

NONATO JÁ DEFENDEU AGRA PARA O GOVERNO

Ainda no final de 2012, o vice-prefeito Nonato Bandeira defendeu durante entrevista a um programa radiofônico o nome do prefeito Luciano Agra pra governador ou senador nas eleições de 2014.

Bandeira disse que o prefeito de João Pessoa está politicamente bem cacifado, entra para a história como um dos melhores gestores do município e, portanto, tem potencial de sobra para concorrer ao Governo do Estado ou a uma vaga de senador, nas eleições de 2014.

Á época, Nonato declarou: “Agra fez uma gestão extraordinária em João Pessoa e a Paraíba gostaria de vê-lo representando-a num cargo majoritário".

Agora que tem a força de um partido nas mãos, resta saber se a defesa de Nonato Bandeira em relação ao nome de Luciano Agra será a mesma de 2012, ou sofrerá as interferências do poder.



Italo Kubstcheck/ Márcia Dias

PB Agora

 

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Dois extremos: vereador da Capital pode trocar PCdoB por PSL

Eleito pelo Partido Comunista Brasileiro nas eleições de 2016 para um mandato de quatro anos como vereador de João Pessoa, o secretário do Procon de João Pessoa, Helton Renê, pode…

PSB Nacional se exime de responsabilidade sobre impasse e esclarece que não houve intervenção

“Não agi direta ou indiretamente para que isso ocorresse”. A declaração é do presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, ao negar, em entrevista nesta segunda-feira (19), a tese de intervenção…