O presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Nominando Diniz, declarou na manhã desta terça-feira (3) que toda a instituição está confiante na palavra do governador José Maranhão (PMDB) no sentido de revogar definitivamente a lei que criou o Tribunal de Contas dos Municípios, polêmica gerada no governo Cássio.

“Estamos confiantes de que o novo governador Maranhão vai manter a palavra de revogar o TCM como fez na época do debate, dizendo inclusive que se ele fosse instalado iria torná-lo sem efeito quando assumisse”, declarou Diniz.

A emendas constuticional revogando o TCM, criado em 1994, já está tramitando na Assembléia Legislativa. O presidente da Casa, Arthur Cunha Lima (PSDB), declarou que iria providenciar a votação da emenda assim que a Casa retomasse os trabalhos.

A bancada ligada a Cássio, no entanto, passou a denunciar que a bancada de Maranhão, antes contrária à instalação do TCM, estava fazendo “corpo mole” ante à proposta de revogação do novo Tribunal, com intuito de fazer com que as nomeações dos novos conselheiros passasem pelas mãos do novo governo.

PB Agora

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Assessores de petistas ganham R$ 120 milhões na Mega Sena

Uma aposta coletiva de assessores técnicos legislativos do PT na Câmara dos Deputados ganhou nesta quarta-feira (18) o prêmio de R$ 120 milhões da Mega-Sena. O dinheiro será dividido entre…

Agenda: Aguinaldo se divide entre prefeitos e Reforma Tributária

O deputado federal e líder da Maioria na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) vem mantendo uma agenda bastante atribulada em Brasília. Em recente reunião com os prefeitos paraibanos que estão na…