Por pbagora.com.br

O presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Nominando Diniz, declarou na manhã desta terça-feira (3) que toda a instituição está confiante na palavra do governador José Maranhão (PMDB) no sentido de revogar definitivamente a lei que criou o Tribunal de Contas dos Municípios, polêmica gerada no governo Cássio.

“Estamos confiantes de que o novo governador Maranhão vai manter a palavra de revogar o TCM como fez na época do debate, dizendo inclusive que se ele fosse instalado iria torná-lo sem efeito quando assumisse”, declarou Diniz.

A emendas constuticional revogando o TCM, criado em 1994, já está tramitando na Assembléia Legislativa. O presidente da Casa, Arthur Cunha Lima (PSDB), declarou que iria providenciar a votação da emenda assim que a Casa retomasse os trabalhos.

A bancada ligada a Cássio, no entanto, passou a denunciar que a bancada de Maranhão, antes contrária à instalação do TCM, estava fazendo “corpo mole” ante à proposta de revogação do novo Tribunal, com intuito de fazer com que as nomeações dos novos conselheiros passasem pelas mãos do novo governo.

PB Agora

 

Notícias relacionadas

Ricardo vê “consolidação” de aliança do PSB com Lula após filiação de Freixo

O ex-governador da Paraíba e pré-candidato ao Senado, Ricardo Coutinho (PSB), comemorou a filiação do deputado federal Marcelo Freixo ao PSB. O motivo da comemoração de Ricardo é a aproximação…

CPP é favorável à isenção em concursos públicos para doadores de sangue ou medula óssea

O Projeto de Lei (PL) que dispõe sobre isenção em concursos públicos para doadores de sangue ou medula óssea recebeu parecer favorável da Comissão de Políticas Públicas (CPP) da Câmara…