A Paraíba o tempo todo  |

Nilvan diz que deve bater martelo sobre vice esta noite, em CG, mas anúncio fica para convenção

Nilvan e Fernanda durante a campanha de 2020

Com senador e suplentes já definidos na chapa, o pré-candidato a governador da Paraíba, Nilvan Ferreira (PL), projeta bater martelo sobre o nome que será escolhido para seu vice ainda na noite desta quinta-feira (04), em Campina Grande.

O anúncio, no entanto, deve ocorrer apenas na sexta-feira (04), durante a convenção partidária da sigla, marcada para acontecer às 10h, no Hotel Garden, também em Campina Grande.

“Amanhã vamos oficializar nossa candidatura e aproveitar para anunciar quem será o nosso vice ou a nossa vice que vai caminhar comigo e com Bruno nessa Paraíba. Não temos uma definição ainda, hoje à noite a gente deve estar concluindo todo esse processo e acredito que até lá já teremos a definição de qual será esse nome para amanhã apresentar na convenção, onde a gente espera um grande número de militantes, mas esse anúncio da vice vou deixar para amanhã porque hoje é um dia ainda muito decisivo, mas até a noite de hoje teremos isso pronto”, destacou. As declarações do comunicador repercutiram no programa Arapuan Verdade.

NO PÁREO

Atualmente pelo menos três mulheres e dois  homens são cotadas para ocupar o espaço na chapa do PL. Apesar das diferenças curriculares, o que há em comum entre eles, além da posição política conservadora, é a atuação em Campina Grande e na atividade empresarial do estado, características cruciais para a formação da chapa do PL .

Uma das cotadas é a médica endocrinologista Annelise Meneguesso, que foi candidata a vice-prefeita nas eleições de 2020 e teve o registro indeferido pela Justiça Eleitoral. Conselheira Federal de Medicina (CFM), ela integrou o movimento ‘Brasil Vencendo a Covid-19’, que congrega cerca de 10 mil profissionais de todo o país. No ano passado, participou de reuniões com o presidente Jair Bolsonaro (PL) em defesa do atendimento precoce dos pacientes infectados pelo novo coronavírus.

Também de Campina Grande, outra cotada é a esposa do deputado estadual Moacir Rodrigues, a empresária Giovanna Fernandes. Ela foi secretária executiva de Interiorização do Governo do Estado na gestão de Ricardo Coutinho e coordenadora do programa ‘Fome Zero’. Recentemente, recebeu elogios de Nilvan pela experiência à frente de “programas sociais no estado” e por “reunir todas as credenciais” para a vaga.

Mais recente surgiu ainda a hipótese sobre eventual indicação da empresária Marcela Torres para ocupar o espaço na chapa. Também conservadora e defensora de pautas bolsonaristas, e filiada ao PL, ela é natural de João Pessoa e tem raízes familiares no sertão, mas mora em Campina Grande. Atualmente é pré-candidata a deputada estadual.

Dois homens cotados

Outro cotado para a vaga de vice é o empresário Artur Bolinha, com atuação política evidente na região de Campina Grande. Ele foi candidato a deputado estadual em 2018 e a prefeito em 2020, não tendo sido eleito.

O último a entrar no páreo foi o deputado estadual Moacir Rodrigues, que teve o nome lembrado e não descartou a possibilidade caso seja uma escolha unânime.

 

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe