Por pbagora.com.br

O “trator esta de volta” Com o afastamento temporário do senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB), o ex-senador e empresário Ney Suassuna (Republicanos-PB) está de voltara ao Senado. Suassuna é suplente de Veneziano, que pediu licença para se afastar da Casa para se dedicar ao pleito municipal de 2020 e assuntos particulares.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, informou que o período dessas licenças será de 23 de setembro de 2020 a 21 de janeiro de 2021. A Secretaria-Geral da Mesa adotará as providências necessárias para a convocação dos suplentes dos dois parlamentares.

No Senado entre 1994 e 2007, Ney Suassuna já foi filiado ao PMDB e ao PSL e também assumiu o Ministério da Integração Nacional entre 2001 e 2002, no governo FHC. Ney Suassuna, também já exerceu o cargo de secretário de Comunicação e superintendente do Instituto de Previdência Municipal (IPM) da capital paraibana.

Ney Suassuna, chegou a ser conhecido na mídia como “trator” no período em que foi representante da Paraíba no Senado, pela desenvoltura com que agia no âmbito do governo federal para liberar recursos e obras em favor do Estado.

Na mesma sessão, também deve tomar posse Diego Tavares, empresário e ex-secretário de Indústria, Comércio, Turismo e Desenvolvimento Econômico da Paraíba. Ele substituirá a senadora Daniella Ribeiro que também vai tirar licença para se dedicar a campanha municipal na Rainha da Borborema;

SL
PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Anísio Maia defende projeto estruturante e de turismo de experiência para o Porto do Capim

Um amplo planejamento de desenvolvimento que envolva o turismo de experiência, a força produtiva dos pescadores, mulheres e jovens aliada às soluções para a infraestrutura, habitação e saneamento em adequação…

Com recurso rejeitado no STF, Tyrone pode ficar fora da disputa em Sousa e ser substituído por Zenildo

Atual prefeito de Sousa e candidato à reeleição pelo Cidadania, Fábio Tyrone corre o risco de ficar fora da disputa de 15 de novembro por conta de problemas na justiça.…