Por pbagora.com.br

Os ministros do Supremo também gostam de uma boa baixaria. Quer dizer que não são tão deuses assim. Ou então são deuses, mas não são santos. O fato é que cada vez que um ministro se desentende com o outro – e geralmente o “delicado” Joaquim Barbosa está no meio – nós mortais temos ainda mais sinais de que há muita coisa suspeita rolando por debaixo das togas.

Serei simples e sucinto, como não o são os doutos ministros dos tribunais.
 

De todo o bate-boca de ontem o que deve ser levado em consideração são as ameaças que cada um faz, incitado pela raiva momentânea, contra o outro. “Vossa excelência não tem condições de dar lição de moral aqui”, disse o presidente do STF em relação a Joaquim Barbosa, após de ouvir dele acusação de que “estava destruindo a imagem do Judiciário”.

Ambos, inclusive, disseram que nem um nem o outro são exemplos de “lhaneza”, palavra bonita, mas que a ausência dela significa “safadeza”.

Pergunto: por que é que nem Mendes nem Joaquim Barbosa podem dar lição de moral, conforme eles mesmos se acusaram? Por que é que não são, como eles mesmos disseram, exemplos de “lhaneza”?

Sinceramente, acho que tem muita coisa feia aí por trás. Porque os ministros sãos os que mais se conhecem. E se nenhum deles coloca a mão no fogo pelo outro, por que é que nós vamos colocar?

 

Soltas no ar

 

Dando exemplo

 

A desembargadora Fátima Bezerra, vice-presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba e primeira-dama do Estado, dá exemplo de polidez política. Em restaurante da Capital, fez questão de levantar da mesa onde almoçava para cumprimentar o vereador Fernando Milanez, do PMDB, que anda fazendo críticas à gestão de Maranhão.

 

Condescendência da Cagepa


Causou espanto a informação sobre a dívida de empresas, órgãos públicos e prefeituras com a Cagepa. Cerca de R$ 170 milhões. Enquanto isso, o cidadão comum tem a água cortada com menos de um mês de atraso.

 

Romantismo

Ninguém pode reclamar que Vitalzinho, Damião e Marcondes Gadelha não valorizam suas esposas. Eles aparecem na lista dos parlamentares que usaram passagens do Congresso Nacional para viajarem ao exterior com suas mulheres. Romântico, não?!

 

Tem mais

O deputado Quinta de Santa Rita, do PMDB, não suporta mais e anunciou rompimento com o governo Maranhão, alegando insatisfação. E se fosse só ele…

 

Perguntar que não quer calar…

 

Por onde anda o líder do governo, deputado Gervásio Filho?

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Manoel Jr é o primeiro prefeito da PB a anunciar calendário anual de pagamento dos servidores

O prefeito de Pedras de Fogo, Manoel Junior (Solidariedade), anunciou, nesta sexta-feira (22), durante solenidade na Secretaria de Educação, o calendário anual de pagamento dos servidores públicos municipais e do…

Opinião: ou Cícero e João põem ordem, ou fura-filas da vacinação se tornarão “pandemia” na Capital e na Paraíba

A situação é a seguinte: denúncias eclodem em João Pessoa e noutros municípios paraibanos que políticos, empresários, funcionários públicos e apaniguados estão furando a fila da vacinação contra a Covid-19,…