Por pbagora.com.br

O presidente da Assembleia Legislativa Adriano Galdino descartou a possibilidade de retorno imediato das atividades presenciais na sede do Poder Legislativo enquanto, segundo ele, ainda há riscos de contaminação pelo novo coronavírus. As atividades na Casa estão suspensas desde o mês de março quando passou a vigorar o Decreto de Estado de Calamidade Pública na Paraíba em decorrência da pandemia.

“Não existe previsão (para a retomada das atividades). Nosso plenário é um fosso, está abaixo do nível da rua. Consultei especialistas e eles disseram que basta uma pessoa com o vírus para contaminar todos que estiverem em volta. Pode acontecer [o retorno], mas apenas se a gente tiver a segurança necessária”, disse o presidente da ALPB, destacando que o plenário da Casa é basicamente um fosso, sem circulação de ar o que é uma condição propícia para a disseminação do vírus.

Galdino garantiu que a Casa não tem registrado queda na produção das matérias graças ao recurso que possibilita a realização das sessões e votações por meio de videoconferência e reafirmou que a atividade parlamentar de forma presencial só será possível após a secretária de Saúde do Estado, atestar que não há riscos de contaminação.

Redação

Notícias relacionadas

Opinião: deputados negacionistas não contribuem com Cícero e Azevêdo

O ser humano é quase um “objeto”. Objeto complexo que pensa saber pensar. Contudo, nada sabe, ou sabe muito pouco. Existe a bondade, mas as atitudes atrozes que plantou, germinou…