A Paraíba o tempo todo  |
CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Nadja cobra apoio a Guilherme

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A primeira suplente do PSB na Assembléia Legislativa, Nadja Palitot cobrou da bancada do PSB na Casa, a confecção de uma nota de desagravo ao deputado Guilherme Almeida (PSB), sobre a classificação de “esquizofrênico”, dado pelo prefeito Ricardo Coutinho, presidente do partido.

A cobrança da ex-parlamentar foi feita durante entrevista ao programa Rádio Verdade, do Sistema Arapuan FM. Conforme Nadja, esquizofrenia é uma doença e não merece ser discriminada em uma comparação infeliz.

“Ninguém escolhe ser esquizofrênico, ela é uma doença, mas falsificar e fraudar uma ata é um ato de escolha”, disse.

“Espero que a bancada do PSB se mobilize e faça uma nota de desagravo ao deputado Guilherme Almeida, pois ele não merece ser discriminado já que foi o deputado mais votado em Campina Grande”, completou.

Reincidência

A ex-parlamentar aproveitou para ratificar que não realizou a denúncia sobre uma antiga falsificação, e sim, simplesmente mostrou, em juízo, que o atual presidente do PSB é reincidente, pois já esteve envolvido em uma denúncia semelhante a denúncia atual de falsificação.
 

 

Márcia Dias

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe