A Paraíba o tempo todo  |

Na Vila do Artesão, Ana Cláudia e Ricardo Coutinho defendem que Turismo volte a ser pensado como investimento na Paraíba

A pré-Candidata a Deputada Estadual, Ana Cláudia Vital do Rêgo (MDB), esteve nesta quarta-feira (08), junto com o ex-governador e pré-candidato a senador Ricardo Coutinho (PT), no cumprimento de uma intensa agenda na Rainha da Borborema. No final da tarde, Ana e Ricardo visitaram uma das importantes obras da gestão do ex-prefeito Veneziano Vital do Rêgo, que é a Vila do Artesão, uma obra de mais de R$ 3 milhões, entregue em 2011 e que até hoje é um marco para os artesãos da cidade.

Ana Cláudia e Ricardo receberam o afeto dos artesãos e visitantes, que destacaram a importância desse investimento feito por Veneziano e lembrado até os dias atuais pela população. Quem também esteve presente na vista foi o vereador e pré-candidato a deputado federal Anderson Pila (MDB). Segundo Ana Cláudia, apesar dos baixos investimentos para sua manutenção por parte da atual gestão municipal, os artesãos mostram a sua força e lembram dos significativos investimentos que o setor teve na gestão do ex-governador Ricardo Coutinho, através do Salão de Artesanato.

“Investir na cultura por meio dos artesãos é investir na geração de empregos, na ampliação do turismo. Uma das bandeiras de luta que eu tenho e que vou levar para a Assembleia, bem como o senador Ricardo levará para o Senado e Veneziano ao Governo do Estado, é de destinar recursos para que equipamentos públicos como este da Vila do Artesão sejam levados a todas as regiões da Paraíba”, afirmou Ana.

Veja momentos da passagem de Ana Cláudia e Ricardo Coutinho na Vila do Artesão:
https://www.instagram.com/reel/Cejw-TUOTRK/?igshid=ZjhmMmE0MjU=

Para Ricardo Coutinho, é preciso que, na Paraíba, o turismo volte a ser pensado como um investimento e não apensas como evento ou festa. A Vila do Artesão representa um investimento de cerca de R$ 3 milhões, parte com recursos próprios e emendas dos ex-deputados federais Vital Filho e Luiz Couto. São cerca de 300 artesãos ocupando o espaço.

São 77 lojas, “espaço lúdico” (destinado a dança, apresentações folclóricas e exposições), além de cantina e restaurante, amplo estacionamento privativo, centro administrativo (integrado por recepção, tesouraria, diretoria, etc), duas baterias de banheiros (com cinco unidades cada uma), auditório (para 110 pessoas, contando ainda com dois banheiros, camarins e sala de espera) e praça de alimentação (com oito lanchonetes destinadas a venda de comidas e bebidas típicas regionais).

Assessoria de comunicação

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe