Em agenda pela Paraíba nesta segunda-feira (25), o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, minimizou o estremecimento na relação entre o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), por conta de pontos divergentes e assegurou que ambos têm mais pontos convergentes que divergentes.

Para o ministro, a melhor solução, nesse momento é o diálogo. 

A declaração foi dita com relação à votação da Reforma da Previdência, o ministro acredita que tudo será solucionado:

"Certeza que isso é um processo pontual de acomodação", disse. No tocante ao tom crítico dos filhos de Bolsonaro nas redes sociais ao presidente da Câmara, o ministro não comentou.

Nesta tarde o ministro visita os municípios de Campina Grande, no Agreste do Estado, e Patos, no Sertão da Paraíba. Pela manhã a vez foi de visitar João Pessoa, Capital do Estado.

PB Agora

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Baixa: Eduardo Carneiro decide romper com Cartaxo em JP

O deputado estadual Eduardo Carneiro (PRTB) decidiu romper politicamente com o prefeito Luciano Cartaxo e a partir de agora não integra mais o grupo que dá sustentação à gestão municipal. …

Lista dos inelegíveis do TCU deve tirar o sono de muitos pré-candidatos

O Tribunal de Contas da União (TCU) tem até o dia cinco de julho, ou seja, daqui a um mês para encaminhar à Justiça Eleitoral e ao Ministério Público Eleitoral…