A Paraíba o tempo todo  |

MPPB abre investigação contra prefeita de Bayeux após atraso no pagamento de salários

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A prefeita de Bayeux, Luciene de Fofinho (PDT), está sendo investigada pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) após atrasar o pagamento de servidores.

De acordo com a promotora do caso, Maria Edligía Chaves Leite, tramita na Comarca de Bayeux um mandado de segurança que assegura a todos os servidores o pagamento dos salários até o 5º dia útil do mês.

Apesar disso, neste mês de junho, o prazo teria sido descumprido, segundo o SINTRAMB (Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Bayeux-PB) – que ingressou com uma ação de Cumprimento Provisório de Sentença para garantir o pagamento.

Em resposta à solicitação da Promotoria, a Secretaria da Fazenda de Bayeux confirmou os atrasos, dizendo que estão recebendo em dia apenas os servidores efetivos.

“Quanto ao pagamento dos servidores comissionados e contratados, estão fazendo o máximo possível para proceder até o prazo legal e que muitas vezes ocorrem atrasos devido a bloqueios judiciais e pagamento de parcelamento de precatório”.

Confira o documento:

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe