A decisão tomada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) de manter o ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho (PSB) em liberdade foi comentada pelo deputado estadual Anísio Maia (PT-PB) que lembrou a recente visita do ministro Sérgio Moro, da Justiça e Segurança Pública a Paraíba. Para o petista a ‘pressão’ dada por Mora em cima da justiça, com sua vinda ao estado um dia antes do julgamento do Habeas Corpus dado ao RC, não teve efeito.

“Sérgio Moro perdeu a viagem. Veio à Paraíba nas vésperas do julgamento contra RC tentar pressionar o judiciário. Por maioria, o STJ rejeitou os métodos ‘lavajatistas’, de primeiro prender e condenar para depois julgar, e permitiu que o ex-governador se defendesse em liberdade”, disse Anísio Maia.

O ministro Sérgio Moro, veio à Paraíba no último dia (17), em compromisso até duas horas antes da sua chegada, não constando na sua agenda oficial, para segundo sua assessoria observar o que ele chamou de “resultados expressivos” da Polícia Federal na Paraíba no combate à corrupção e ao crime organizado. E citou nominalmente as operações Xeque-Mate, Pés de Barro e Calvário como “exemplos expressos” do bom trabalho que vem sendo realizados em território paraibano e negou que a visita, teria alguma conotação política, com a proximidade do julgamento de RC.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Efraim diz que rompimento do DEM com Bolsonaro não foi discutido pelo partido

Essa semana, após as últimas declarações do presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido, sobre o coronavírus, principalmente o polêmico pronunciamento em que ele desconsidera a gravidade do avanço do…

“Confio em Deus que tudo ficará bem”, disse Leitão que aguarda resultado do teste de coronavírus

O deputado estadual e líder do G10 na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Felipe Leitão, está em quarentena preventiva após a confirmação de que o presidente nacional do Avante, o…