A Paraíba o tempo todo  |

Ministro do TCU Vital do Rêgo lamenta morte de Ivandro Cunha Lima e destaca laços de amizade entre suas famílias

O ministro do Tribunal de Contas da União – TCU, Vital do Rego Filho, se expressou neste domingo, através de um áudio publicado na imprensa, sobre o falecimento do ex-senador Ivandro Cunha Lima, ocorrido neste sábado, em Campina Grande

No áudio, ele destaca o sentimento de pesar pela perda e da relação de sua família com Ivandro e seus familiares. Veja abaixo os principais trechos do áudio:

Nota de pesar

Eu recebi com muito pesar a morte do senador e homem público Ivandro Cunha Lima. Para mim, mais do que um homem de respeito e com profundas tradições vinculadas a Campina, fica uma herança de amizade, que começou com meu avô, Veneziano Vital do Rêgo, que passou pelo meu pai e que ficou de forma muito espontânea comigo.

Eu encontrava com Ivandro sempre a caminho de Caiçara ou do Brejinho e ali era sempre motivo para uma parada, para conversar sobre gado e fazenda. Eu posso assegurar que havia entre nós um respeito político muito grande, vindo do meu pai, que como ele foi deputado federal e, mesmo sendo adversários políticos, sempre se respeitaram, servindo de exemplo para as gerações atuais e futuras, de que podemos separar ideias, mas nunca homens e suas convivências humanas.

Ivandro era esse homem e, quando ele partiu, mesmo sabendo que, ao longo dos anos, tinha toda uma fragilidade devido à elevada idade, fica aqui uma dor e eu quero me solidarizar a toda a família. Ficará sempre a memória daquele que ficará em espírito sempre entre nós, junto a dona Valnizia e Ivandro Filho, que celebra com o pai o seu encontro no céu. E aqui na aterra, junto a Ivanoe, a Aneliese e à minha queridíssima Ivana Cunha Lima, a quem eu devoto uma amizade muito grande. Um abraço ao prefeito Bruno e, em seu nome, eu quero prestar minha solidariedade a toda a família.

 

Descanse em paz!

 

Ministro do Tribunal de Contas da União

Vital do Rêgo Filho

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe