A Paraíba o tempo todo  |

Milanez diz que PMDB da Paraíba está fora dos “90% de corruptos” e exige nomes acusados por Jarbas

A entrevista do senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) na Revista Veja revelando que o PMDB é um partido formado por 90% de corruptos provocou repercussão na legenda em todo país. Em João Pessoa, o vereador Fernando Milanez (PMDB) classificou de inconsequentes as declarações do senador e ex-governador pernambucano e disse que as acusações não incluem o PMDB da Paraíba.

“Não há um escândalo envolvendo as lideranças do PMDB da Paraíba”, declarou Milanez. Ele disse que o senador vai ter que dizer quem são os nomes dos 90% de corruptos que existem no PMDB. E declarou que, depois da entrevista, ficará difícil mantê-lo no partido.

“Jarbas está magoado porque ficou fora da eleição da Mesa, não ocupa nenhuma comissão de destaque no Congresso e a duas eleições que perde para prefeito em Recife. Ele vai ter que dizer na Comissão de Ética quem são os corruptos do PMDB, porque não adiante dizer sem citar nomes”, declarou.

Na Veja, Jarbas declarou que “O PMDB é um partido sem bandeiras, sem propostas, sem um norte. É uma confederação de líderes regionais, cada um com seu interesse, sendo que mais de 90% deles praticam o clientelismo, de olho principalmente nos cargos. Para que o PMDB quer cargos? Para fazer negócios, ganhar comissões. Alguns ainda buscam o prestígio político. Mas a maioria dos peemedebistas se especializou nessas coisas pelas quais os governos são denunciados: manipulação de licitações, contratações dirigidas, corrupção em geral. A corrupção está impregnada em todos os partidos. Boa parte do PMDB quer mesmo é corrupção”.

PB Agora
 

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe