A ex-prefeita de São Paulo, Marta Suplicy, organizou um jantar nesta sexta-feira para a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Roussef, a pedido do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, de acordo com o jornal O Estado de São Paulo.

Durante o terceiro evento com petistas da semana, Dilma negou ser candidata a presidente na eleição de 2010, apesar do contexto que claramente tinha como objetivo promover a ministra entre os integrantes do partido, informou o jornal.

Durante o encontro, Marta citou as presidentes da Argentina, Cristina Kirchner, e do Chile, Michele Bachelet, e disse que o Brasil já está pronto para ter uma mulher ocupando essa posição. A ex-prefeita apresentou Dilma a diversos líderes do PT no Estado.

No jantar, a ministra fez breve discurso sobre o empenho do governo na luta contra a crise econômica e disse que o partido está unido para dar continuidade aos projetos executados pelo presidente Lula, segundo O Estado de São Paulo.

 

Portal Terra

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João explica como funcionará sistema de bandeiras com parâmetros na PB

Em live realizada na noite deste domingo (31), o governador João Azevêdo (Cidadania) anunciou a intenção do Governo do Estado em fazer a retomada gradual da economia, mas de forma…

Opinião: o Brasil está à beira de uma guerra civil, cujo ódio é ‘plantado’ por Bolsonaro que usa o povo como pólvora

A tarde já findava. Precisei ir à farmácia, mesmo com certo cansaço em decorrência do corpo debilitado pela Covid-19. Embora os sintomas tenham cessado, o corpo ainda está debilitado. Pois…