Por pbagora.com.br

Durante a apresentação das novas diretrizes de seu plano de governo, a candidata à presidência pelo Partido Verde, Marina Silva, fez uma ironia com o nome do vice de José Serra (PSDB), Indio da Costa (DEM). Depois do discurso do antropólogo Beto Ricardo, do Instituto Socioambiental, a candidata tomou a palavra e afirmou que "ele (Beto) está aprendendo as coisas com os índios. Índio não joga conversa fora. Depende do índio. Tem índio aí que joga. Quando é índio autêntico, não joga".

Marina anunciou nesta terça-feira (27) uma segunda versão das diretrizes do seu plano de governo. Este novo documento contou com a participação de 92 especialistas e 980 propostas via internet – a primeira versão teve a participação de 70 especialistas.

A apresentação, realizada no início desta tarde em um espaço cultural na Vila Madalena, em São Paulo, teve a presença da socióloga Neca Setúbal, do presidente do PV no Rio, Alfredo Sirkis, do economista do Ipea Ricardo Paes de Barros, do candidato ao Senado, Ricardo Young, do secretário do Verde e do Meio Ambiente Eduardo Jorge, entre outros.

Jorge, que cuida da parte de saúde do plano de Marina, afirmou que esta área é "uma floresta de problemas que atormenta a família brasileira" e que o Estado deve investir principalmente nos profissionais. "Não adianta gastar dinheiro com tijolo, se o trabalhador que está lá não for o foco do processo", afirmou.

 

Terra

Notícias relacionadas

Galdino confirma candidatura do irmão Murilo a deputado federal

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino, garantiu nesta terça-feira (15) que vai continuar trabalhando e se empenhando para eleger seu irmão, o secretário Estadual de Articulação Política…

Doria cita Ruy como opção para Governo, mas tucano mantém foco na pandemia

O governador de São Paulo, João Doria, do PSDB, em entrevista ao programa Frente a Frente, da TV Arapuan na noite de ontem, segunda-feira (14) elencou qualidades e defendeu, publicamente,…