A Paraíba o tempo todo  |

Queiroga culpa ex-ministro Pazuello por falta de 2ª dose da Coronavac

Cinco capitais suspenderam a aplicação da segunda dose da Coronavac. A imprensa, o atual ministro da Saúde Marcelo Queiroga atribuiu a falta da vacina à decisão do ex-ministro da pasta Eduardo Pazuello, em março, de ampliar a imunização com o estoque reservado para a segunda dose.

“Decorre da aplicação da segunda dose como primeira dose. Logo que houver entrega da CoronaVac, [o problema] será solucionado”, disse o atual ministro.

Interromperam a imunização com a Coronavac Aracaju, Porto Alegre, Fortaleza, Porto Velho e Rio de Janeiro. Salvador só tem a vacina para quem deveria ter tomado nos dias 29 e 30.

Em Macapá, há 1.600 doses no estoque, mas o número não é suficiente para vacinar todos os idosos que aguardam na fila.

Redação com O Antagonista

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe