A Paraíba o tempo todo  |

Maranhão exonera mulher de Roberto Cavalcanti

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A arquiteta Sandra Maria Campos de Uchôa Moura foi exonerada, pelo governador José Targino Maranhão, do cargo de Coordenadora do Programa de Artesanato Paraibano. Ela é esposa do senador Roberto cavalcanti (PRB) e foi beneficiada, segundo denunciou o PB Agora neste fim de semana, por um “drible” que o Governo Maranhão III deu na lei antinepotismo em vigência no Estado.

exoneracao

Sandra Moura foi nomeada no cargo de gestora do Programa do Artesanato Paraibano no último dia 11 do corrente, através do ato governamental nº 2.646, publicado no Diário Oficial do Estado. No início deste mês, o irmão da arquiteta, Achilles Leal Filho, foi nomeado, também pelo governador, como Superintendente do Instituto de Desenvolvimento Municipal e Estadual (Ideme), órgão ligado à Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado. A portaria de nomeação de Achilles foi publicado no Diário Oficial de 27 de fevereiro, pelo Ato Governamental nº 1.879.

Trata-se do segundo recuo do Maranhão III em termos de nomeação, após denúncia publicada pelo PB Agora. A portaria do advogado Rafael Dantas Valengo, filho do advogado Nadir Velengo e que, como juiz do TRE, votou pela cassação do ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB), foi também tornada sem efeito, um dia após publicação no Diário Oficial do Estado, em 12 de março de 2009.

PB Agora
 

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe