Em uma breve pausa na reunião com os secretários para atender a imprensa, no Palácio da Redenção, o governador José Maranhão apimentou ainda mais a relação já tensa entre ele e o prefeito da Capital, Ricardo Coutinho. Ao ser abordado sobre informações de possíveis convites de Ricardo a integrantes da administração do ex-governador Cássio Cunha Lima, Maranhão foi enfático. “Convidei quem eu quis. Ricardo convida quem ele quiser, sem precisar me consultar”, reagiu ele, observando que cada gestor assume as decisões que tomar.

Sobre o convite ainda pendente para que o deputado Guilherme Almeida assuma a Secretaria de Interiorização do Estado, José Maranhão voltou a dizer que isso já não mais depende dele, mas de uma decisão interna do PSB. O partido, presidido por Ricardo Coutinho, fincou pé e não autoriza o parlamentar a ingressar no Maranhão III. O governador não disse até quando vai poder esperar a indefinição de Almeida e da direção da legenda.
 

 

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Julian desqualifica acusações de ex-dirigente do PSL/SE: “Não é ninguém”

O deputado federal Julian Lemos, do PSL/PB, reagiu, nesta terça-feira (22), às declarações do ex-presidente do PSL de Sergipe, João Tarantela, contra ele – sobre um suposto complô na legenda…

Julian Lemos revela que filhos de Bolsonaro podem inviabilizar o governo

Na entrevista à Jovem Pan, na noite desta segunda-feira, o deputado federal e presidente estadual do PSL-PB Julian Lemos disse que a guerra no PSL é um grande problema para…