Por pbagora.com.br

O governador José Maranhão (PMDB) resolveu definitivamente cobrar mais ação administrativa e atitude política dos seus secretários, nos últimos dias. Isso é um reflexo da crescente proximidade da campanha eleitoral, em termos de calendário.

Cerimonial anota ausências

Ele andou se queixando ao Cerimonial do Palácio da Redenção – recentemente – que poucos titulares de pastas importantes em nível governamental têm acompanhado as visitas que o próprio Chefe do Executivo estadual tem feito a diversos municípios localizados no interior paraibano.

Faltas não serão toleradas

Nas gestões passadas (Maranhão 1 e 2), muitos auxiliares diretos do governador chegaram até mesmo a serem repreendidos em público, justamente por causa de suas repetidas ausências a solenidades e outros atos oficiais. Pois é: ele também precisa de apoio moral e solidariedade humana, em certos momentos.

Mais mudanças à vista

Nos corredores do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) todo mundo já sabe: se Maranhão precisar fazer alguma mudança no comando do órgão para abrigar auxiliares que forem remanejados de outras secretarias, um dos mais fortes candidatos a ocupar a atual cadeira do diretor-superintendente, coronel Américo José Estrela Uchoa (ex-comandante-geral da Polícia Militar), é outro oficial da corporação.

Troca-troca no Detran

O coronel PM Francisco de Assis (presidente licenciado do Clube dos Oficiais – COPM) deverá deixar a secretaria de Juventude, Esporte & Lazer do Estado e esperar ser designado para o Detran, como chegou a ser cogitado logo no início da formação da atual equipe de auxiliares diretos do governador.

Avisando por telefone

Há informações dando conta de que Maranhão – inclusive – já detalhou ao coronel Francisco, por telefone, as razões que poderão levá-lo a fazer esta mudança, desde que o presidente estadual da Juventude Trabalhista, Diego Tavares (PTB), aceitou fazer parte do secretariado, antes mesmo dele ser definido como novo titular da pasta de Desenvolvimento Econômico (Turismo, Indústria & Comércio).

O Melô da Caixa Preta

Recebi de Dalmo Oliveira (bacharel em Comunicação Social graduado pela UFPB, mestre em Comunicação pela UFPE e ex-diretor do Sindicato dos Jornalistas da Paraíba), nesta quinta-feira, uma excelente letra de funk, inspirada na temática da censura, liberdade de imprensa, etc.

Trilha sonora atual

Como a considero bastante apropriada para ser ouvida nesses dias difíceis que estamos vivendo hoje nas redações, transcrevo abaixo a pérola enviada por Dalmo.

De Campina para o estrelato

Lembrando que essa dupla esteve presente cantando – ao vivo – no 19º Encontro da Nova Consciência – Sustentabilidade e Responsabilidade Sócio-ambiental, realizado em Campina Grande, agora no mês de fevereiro deste ano. Confiram a melodia e aumentem o volume, que eles “botam pra arrebentar a boca do balão”:

Caixa Preta (Participação B–Negão e Lucas Santana)

 

 

 

O que é que tem na caixa preta?

O que é que tem?

A verdade foi comprada

Pelo cara da maleta

Rabo preso é que domina

A notícia no planeta

O que é que tem na caixa preta?

O que é que tem na caixa preta?

Trompete não é corneta

Moto não é lambreta

Os caras falam tu aceita

Engole sem fazer careta

Pura cara dura dessa elite picareta

Na hora de pagar a conta querem mandar a pindureta

O que é que tem na caixa preta?

O que é que tem na caixa preta?

Quem que pagou?

Quem se calou?

Quem é que financia?

Quem se beneficia?

CPI da imprensa quem é que vai querer

Essa caixa de pandora se abrir só vai feder

Quem que pagou?

Quem se calou?

Quem é que financia?

Quem se beneficia?

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Julian Lemos crítica Bolsonaro: “O homem que está no poder, não é o que elegemos”

O deputado federal Julian Lemos, do PSL, usou seu perfil numa rede social para para fazer um desabafo a respeito do presidente da República, Jair Bolsonaro. Na postagem, Julian critica…

Ruy cobra reabertura imediata do Congresso por causa da pandemia

Com o agravamento da pandemia no Brasil e a situação de calamidade em Manaus, o deputado paraibano Ruy Carneiro defendeu a imediata suspensão do recesso parlamentar da Câmara Federal e…