Por pbagora.com.br
 
 

Depois de cinco adiamentos consecutivos, a Justiça Eleitoral retoma no próximo dia 16 audiência de ação que acusa o prefeito Veneziano Vital do Rego (PMDB) de uso da máquina administrativa na eleição municipal de 2008.

Trata-se da AIJE (Ação de Investigação Judicial Eleitoral ) de número 052, movida pelo Ministério Público, que acusa o prefeito Veneziano de financiar, via contrato público com a empresa Maranata, a contratação de milhares de eleitores durante todo o processo eleitoral.

O juiz da 16ª Zona Eleitoral, Francisco Antunes, e o promotor Joacil Juvino, vão ouvir testemunhas que teriam sido beneficiadas pelo suposto esquema de contratação de eleitores via Maranata, empresa exclusiva em licitação que resultou no contrato de R$ R$ 10, 6 (Dez milhões e seiscentos e vinte mil reais), fechado em abril de 2008.

No mês seguinte, numa atitude rara, a prefeitura empenhou cerca de R$ 4 milhões, ou seja, 40% do valor total do contrato, para pagamento da Maranata, no mesmo mês em que a construtora contratou cerca de 463 funcionários, registrando uma expansão de 100% em seus quadros nunca antes vista no histórico da empresa.

De acordo com a denúncia, feita na campanha passada pelo advogado José Mariz, que atua pelo PSDB no caso, a Maranata contratou cerca de três mil funcionários nos três meses seguintes ao contrato com a prefeitura. Entre os beneficiados, candidatos a vereador por partidos que apoiaram a candidatura de Veneziano à reeleição.

Alguns deles serão ouvidos no dia 16. Relatório de auditores do Tribunal de Contas do Estado aponta irregularidades no processo licitatório da Maranata. O prefeito nega todas as acusações.

A construtora Maranata tem como um dos sócios Paulo Roberto Bezerra de Lima, que mora na Praia do Bessa, em João Pessoa, e é tido como afilhado de Vital do Rego, pai de Veneziano.

A Maranata foi a mesma empresa envolvida num dos mais rumorosos casos nas eleições de 2008 em Campina Grande, quando a imprensa teve acesso a um cheque emitido pela prefeitura à empresa e depositado na conta de campanha do prefeito Veneziano.

PB Agora
 

 
 
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

VÍDEO: Ney Suassuna faz gesto obsceno ao comentar sobre Maranhão; ele nega

Em vídeo compartilhado na internet, o senador Ney Suassuna aparece fazendo um gesto obsceno ao comentar sobre o senador José Maranhão, que está internado em hospital de São Paulo, tratando…

Oito leis aprovadas: Wilson Filho foi um dos que mais trabalhou em 2020 pela saúde na pandemia

O deputado estadual Wilson Filho (PTB) fez um balanço de suas ações em 2020 no combate à pandemia do novo coronavírus. O parlamentar foi um dos mais produtivos da Assembleia…