Por pbagora.com.br

Em resposta as declarações recentes da secretária de Planejamento na Prefeitura de João Pessoa, Daniella Bandeira, que se filiou ao Partido Verde, encabeçado na Paraíba pelo prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo e disse que na condição de pré-candidata a prefeitura, acreditava no poder de convencimento de Cartaxo para convencer o atual vice-prefeito de João pessoa Manoel Junior, a desistir da pré-candidatura do seu partido o Solidariedade na capital, Manoel Júnior rebateu, negando tal possibilidade.

“Em hipótese nenhuma”, disse Manoel Júnior, dando a entender que a pré-candidatura do seu partido se manterá posta e que conversa alguma com o prefeito Luciano Cartaxo, mudará tal decisão. Segundo Daniella, a pré-candidatura do partido do vice-prefeito Manoel Júnior não será um empecilho para a postulação do Partido Verde e acredita que o prefeito Luciano Cartaxo convencerá Manoel a apoiar o nome do PV. “O vice-prefeito não é um problema. O prefeito terá um diálogo aberto e franco com ele”, afirmou a recém-filiada ao PV, Daniella Bandeira.

Na semana passada, Manoel Júnior que preside estadualmente o Solidariedade, ratificou que sua legenda terá candidato sim, nestas eleições municipais. “com certeza” candidatura própria em João Pessoa”, disse Júnior, dando a entender que pode sim rachar com o prefeito Luciano Cartaxo. Nas eleições de 2018, Manoel Júnior, não apoio a candidatura do irmão do prefeito Lúcelio Cartaxo ao Governo da Paraíba.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ouça: apoio político em troca de motos vira escândalo em Pedras de Fogo

Nem mesmo a pandemia do coronavírus tem sensibilizado parte da classe política para a necessidade de práticas mais republicanas. Na cidade de Pedras de Fogo, por exemplo, um vídeo com…

Opinião: derrotado na estratégia para sucessão, Cartaxo mira em 2022 para não “sumir”

Eu toco em um tema, na coluna de hoje, naquilo que já vem sendo discutido nos meios políticos há muito, em especial na cidade de João Pessoa. A postura dúbia…