A Paraíba o tempo todo  |

“Manoel Jr está envolvido com as negociatas de Cunha”, diz Anísio

“Manoel Júnior está envolvido até a medula com as negociatas de Cunha” dispara Anísio Maia

“Manoel Júnior está envolvido até a medula com as negociatas de Cunha” dispara Anísio Maia

A ligação do deputado federal Manoel Júnior (PMDB-PB) com o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que é alvo de ação penal no Supremo Tribunal Federal e também de um processo de cassação na Câmara Federal por ter mentido durante depoimento sobre a existência de contas na Suiça, não deve ficar de fora na disputa municipal de João Pessoa.

Júnior, que é candidato a vice na chapa do prefeito Luciano Cartaxo, na disputa pela reeleição, foi tachado, pelo deputado estadual Anísio Maia (PT), como defensor de um “delinqüente”, que seria, conforme o petista, o deputado Cunha.

Ainda de acordo com Anísio, o envolvimento do paraibano com o parlamentar carioca estaria contaminando, inclusive, a chapa do candidato à reeleição, Luciano Cartaxo.

“A chapa está contaminada, reforçada agora com a ida de Manoel Júnior para a defesa aberta do delinquente Eduardo Cunha. Todo mundo sabe que Manoel Júnior foi da sua tropa de choque e que está envolvido até a medula com as negociatas de Cunha. Ele não nega, defende abertamente, interferiu inclusive na data da votação, pressionou o presidente Rodrigo Maia para que colocasse a votação de Cunha numa segunda-feira, sabendo que o Brasil todo está envolvido em uma disputa eleitoral. Na verdade ele está tão envolvido com Cunha, pois quando se olha para um se vê o outro. Se eu olho para Manoel Júnior eu vejo Cunha, se eu olho para Cunha eu vejo Manoel Júnior. Então essa chapa está comprometida, contaminada com o símbolo da corrupção no Brasil, com Eduardo Cunha, e seu escudeiro, Manoel Júnior, na Paraíba”, afirmou.

As declarações de Anísio foram dadas essa semana, à imprensa, na Assembleia Legislativa da Paraíba. Manoel Júnior ainda não se manifestou sobre as críticas do deputado. Em recente entrevista, Manoel Júnior disse que seguiria a orientação do partido no processo de cassação de Cunha.



PB Agora

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe